Verdades Bíblicas
Inscreva-se

Você seguirá ao Senhor ou desistirá? (PDF) Edição em PDF

Você seguirá ao Senhor ou desistirá?

Foi um dia cheio de ação. Jesus tinha acabado de alimentar milhares de pessoas, usando apenas cinco pães e dois peixes. Após esse milagre, em João 6:15, lemos:

João 6:15
"Portanto, quando Jesus percebeu que eles estavam prestes a vir e levá-lo à força para o fazerem rei, retirou-se novamente para a montanha sozinho."

Eles queriam fazer dele um rei! No verso 26 no entanto, o Senhor revela seus motivos:

João 6:26
"Em verdade, vos digo, me buscais, não porque vistes sinais, mas porque comestes dos pães e ficastes satisfeitos."

Eles não o buscaram por causa dos milagres, mas porque eles comeram e se fartaram. Muitas pessoas seguem o Senhor, pela mesma razão, porque "eles comeram e ficaram fartos". No entanto, uma vez que os .... pães desapareceram, uma vez que "a tribulação ou perseguição por causa da palavra, logo se escandalizam" (Marcos 4:16-17). Sim, eles estão prontos para fazê-lo rei, mas eles não têm raiz na fé, como - veremos isso mais tarde - essas pessoas de João 6 não a tem também. Claro, o Senhor dá bênçãos abundantes em todos os campos da vida. No entanto, haverá também momentos de provação da fé, de "perseguição ou tribulação contra a Palavra". Aqueles que têm fé vão ficar, enquanto aqueles que são apenas temporais, que só comem os pães e o buscam por causa dos pães, vão embora.

Então, as multidões que seguiam Jesus queriam levá-lo e torná-lo rei. Alguém pode questionar, "isto seria ótimo. Por que Jesus perdeu esta oportunidade? Ele seria declarado Rei!" Mas enquanto a multidão estava satisfeita e alegre, o Senhor saiu e foi para a montanha "só". Ele saiu do barulho e das expectativas vãs dessas pessoas e foi para a montanha SOZINHO.

João 6:24
"quando as pessoas pois, viram que Jesus não estava ali nem os seus discípulos, eles também entraram em barcos e foram a Cafarnaum, em busca de Jesus."

A multidão, satisfeita após o almoço grátis, foi correndo para encontrar Jesus. Como na eleição em que alguns eleitores começam a rodear políticos que prometem mais - pães, mais prosperidade - assim eles fizeram. Eles estavam correndo atrás do Senhor, porque eles estavam satisfeitos. "Sobre quais milagres você está falando? De quais ensinamentos? Eu vou segui-lo, pois você pode aumentar o meu bem-estar. Você pode me dar mais coisas, coisas melhores, coisas maiores." Eles o estavam procurando por toda parte. Quando, contudo, o encontraram, Ele os repreendeu. Não é no perecível, onde você deve colocar sua atenção, mas no não-perecível, na vida eterna (João 6:27). E então uma conversa começa:

João 6:28-34
"Dirigiram-se, pois, a ele, perguntando: Que faremos para realizar as obras de Deus? Respondeu-lhes Jesus: A obra de Deus é esta: que creiais naquele que por ele foi enviado. Então, lhe disseram eles: Que sinal fazes para que o vejamos e creiamos em ti? Quais são os teus feitos? Nossos pais comeram o maná no deserto, como está escrito: Deu-lhes a comer pão do céu. Replicou-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo: não foi Moisés quem vos deu o pão do céu; o verdadeiro pão do céu é meu Pai quem vos dá. Porque o pão de Deus é o que desce do céu e dá vida ao mundo. Então, lhe disseram: Senhor, dá-nos sempre desse pão."

Então o Senhor lhes explicou que ELE é o pão da vida e que é a vontade do Pai "e tudo o que Ele me deu não se perca, mas que eu o ressuscite no último dia".

João 6:41-42
"Os judeus, em seguida, queixaram-se Dele, porque Ele disse:" Eu sou o pão que desceu do céu. " E disseram: " Não é este Jesus, o filho de José, cujo pai e mãe nós conhecemos? Como é então que ele diz, eu desci do céu? "

e no versículo 52

Então os judeus discutiam entre si, dizendo: " Como pode este homem dar-nos a sua carne a comer? "

De segui-lo em multidões, uma vez que ouviram a Sua Palavra, as mesmas pessoas que haviam comido de suas mãos no dia anterior, as mesmas pessoas que tinham tomado o navio para procurá-lo, e que queriam fazê-lo rei ", queixaram-se dele". Quando alguém segue o Senhor, por razões erradas, ele pode chamá-lo Senhor e Rei, mas quando as coisas não acontecem como ele deseja, em seguida, se queixam e partem. Jesus, obviamente, não era apropriado para o que eles pensavam. Assim, em vez de mudar seu ponto de vista, eles o deixaram. O versículo 60 nos diz:

"Por isso muitos dos seus discípulos, ouvindo isto, disseram:" Esta é uma palavra difícil, quem a pode ouvir? "

A queixa não passou despercebida do Senhor, que explicou:

João 6:61-64
"Mas Jesus, sabendo por si mesmo que eles murmuravam a respeito de suas palavras, interpelou-os: Isto vos escandaliza? Que será, pois, se virdes o Filho do Homem subir para o lugar onde primeiro estava? O espírito é o que vivifica; a carne para nada aproveita; as palavras que eu vos tenho dito são espírito e são vida. Contudo, há descrentes entre vós. Pois Jesus sabia, desde o princípio, quais eram os que não criam e quem o havia de trair. "

Seria possível que, apesar de terem visto tantos milagres ainda não acreditavam? Ao que parece, sim. Qualquer que fosse a fé que eles tinham era como a de segunda categoria da parábola do semeador ("eles acreditam por um pouco e na hora da tentação caem fora" (Lucas 8:13)). "Como é possível que Jesus diga coisas tão duras?" murmuravam. "Venha Jesus, dizer algo mais leve para que as multidões o possam aceitar." E o versículo 66 nos diz:

"Desde então muitos dos seus discípulos voltaram para trás e não andavam mais com ele."

Não foi um ou dois dos discípulos que fizeram isso. Como a Palavra diz, muitos optaram por voltar e não segui-Lo mais. As multidões o deixaram, e juntamente com elas, muitos dos discípulos. No entanto, o Senhor não corriam atrás deles para .... explicar o mal-entendido. Ele sabe que, para que eles ficassem com Deus, eles teriam que fazê-lo pelas razões certas. E então Ele se vira para os 12:

João 6:67
“Então disse Jesus aos doze: "Também vós quereis ir embora?"

"Também vós quereis ir embora?" O Senhor não manteve (e não manteria) a ninguém por obrigação. Ele tinha investido muito nessas pessoas. Ele tinha-lhes dado poder. Ele deu-lhes autoridade. Eles fizeram milagres. Ele abriu seu coração para eles. Ele os chamou de seus amigos. No entanto, ele não os controlava e Ele não controla ninguém. Ele quer que você fique com Ele não só porque quer, mas também porque você quer isso também. "Você também quer ir?" E aqui vem a Pedro para dar-lhe a resposta certa:

João 6:68-69
Mas Simão Pedro respondeu-lhe: "Senhor, para quem iremos nós? Tu tens palavras de vida eterna. Também viemos a acreditar e saber que Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo."

Que esta seja a resposta e que estes sejam são os motivos pelos quais seguimos o Senhor. Somente aqueles que crêem que Ele tem palavras de vida eterna, e cremos e sabemos que ele é o Messias, o Filho do Deus vivo não vão desaparecer, mas irão segui-lo constantemente, até o final.

Anastasios Kioulachoglou