Verdades Bíblicas
Inscreva-se

Você está livre agora (PDF) Edição em PDF

Você está livre agora

Muitas pessoas consideram o Cristianismo - e algumas o fazem parecer - como uma prisão. Como uma série de regras e ritos que alguém tem que manter. Felizmente, essa visão não é verdadeira. Jesus Cristo não veio para colocar as nossas vidas sob um jugo de regras e preceitos, mas para nos tornar livres destes e do pecado. Como a Palavra diz em Colossenses 2:13-15:

Colossenses 2:13-15
"E, quando vós estáveis mortos nos pecados, e na incircuncisão da vossa carne, vos vivificou juntamente com ele, perdoando-vos todas as ofensas, havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz. E, despojando os principados e potestades, os expôs publicamente e deles triunfou em si mesmo."

O que aconteceu na cruz não foi humilhação, mas um triunfo. Nela nosso Redentor triunfou contra os principados e os governantes deste mundo, em primeiro lugar contra o chefe, príncipe deste mundo ( João 12:31 ), o diabo. Na cruz, Ele apagou o escrito de ordenanças, todos os "faça" e "não faça" que estavam contra nós. E Paulo explica-lo ainda mais:

Colossenses 2:16-23
"Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados,que são sombras das coisas futuras, mas o corpo é de Cristo. Ninguém vos domine a seu bel-prazer com pretexto de humildade e culto dos anjos, envolvendo-se em coisas que não viu; estando debalde inchado na sua carnal compreensão, e não ligado à cabeça, da qual todo o corpo, provido e organizado pelas juntas e ligaduras, vai crescendo em aumento de Deus. Se, pois, estais mortos com Cristo quanto aos rudimentos do mundo, por que vos carregam ainda de ordenanças, como se vivêsseis no mundo, tais como: Não toques, não proves, não manuseies? As quais coisas todas perecem pelo uso, segundo os preceitos e doutrinas dos homens; as quais têm, na verdade, alguma aparência de sabedoria, em devoção voluntária, humildade, e em disciplina do corpo, mas não são de valor algum senão para a satisfação da carne."

Existe alguém que o critica por causa de festivais, de comida, e ritos? Você, provavelmente, concluiu que o que os outros têm dito é que o cristianismo é uma série de ordenanças, regras e rituais? Você provavelmente acredita que para ser um bom cristão você tem que fazer isso todas as quartas e sextas-feira e tal, ou então todos os domingos? Se você já ouviu e acreditou em coisas como essas, deixe-me dizer que eles são nada mais são do que preceitos e doutrinas de homens. Ninguém tem o direito de julgá-lo por comida, festivais ou algo similar. Ninguém tem o direito de lhe dizer que você não é um bom cristão porque você não mantem abstinência assim e assim a partir de alimentos ou o ritual tal e tal. Tudo isto "são sombras das coisas futuras". Todos estes foram parte do que Cristo apagou com seu triunfo sobre a cruz. Ele nos fez livres destes e do pecado. Você ainda se sente condenado pelo pecado assim e assim que aconteceu em algum momento do passado? Se este foi cometido quando você não era cristão ou se isso aconteceu quando você era um cristão, mas você confessou a Deus, Ele o perdoou e esqueceu. Não se lembre do que Deus se esqueceu. É claro que deve manter a sua lição, mas não trazê-la à sua memória, como se nunca tivesse sido limpo, como se o sangue de Cristo nunca tivesse sido derramado por ele. Seu sangue o purificou de seu pecado e purifica de todo pecado. Como I João 1:7 diz:

I João 1:7
"Mas se andarmos na luz, como ele está na luz , temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, Seu Filho, nos purifica de todo pecado"

E novamente Colossenses 1:14
"No qual temos a redenção pelo seu sangue, a remissão dos pecados"

Você se sente espiritualmente fraco? Você sente que o seu velho homem, a velha naturezade sua carne é muito forte? Você quer, como Paulo, dizer:

Romanos 7:24-25
"Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte? Dou graças a Deus por Jesus Cristo nosso Senhor. Assim que eu mesmo com o entendimento sirvo à lei de Deus, mas com a carne à lei do pecado.”

Romanos 8:1-2
"Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, aqueles que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito. Porque a lei do Espírito da vida em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte. "

A lei, não da letra, mas do espírito da vida em Cristo Jesus, fez-nos livres da lei do pecado e da morte. Somos livres AGORA! Não há nenhuma condenação para aqueles que estão em Cristo Jesus! E novamente Paulo afirma:

Gálatas 5:1
"Estai, pois, firmes na liberdade com que Cristo nos libertou, e não torneis a colocar-vos debaixo do jugo da servidão."

Como os Gálatas que tentaram voltar para a lei, assim também algumas denominações cristãs de hoje, pregam um cristianismo cheio de ordenanças, das quais porém, Cristo nos libertou. Permaneçamos, portanto, firmes na liberdade na qual Ele nos fez livres. Ele nos libertou do pecado (Romanos 6:18). Somos justos e estamos assentados nos lugares celestiais AGORA (Efésios 2:1-7)! Isso não aconteceu por causa de nossas obras. Isso não depende do nosso desempenho. Este é apenas o fruto do triunfo de Jesus Cristo na cruz. Não vamos pensar nem por um momento que poderíamos ganhar com as nossas obras ou realizações que somente o sangue de Cristo tornou possível: a nossa justificação diante de Deus, nosso re-nascimento, a nossa purificação de todo pecado e nossa salvação da lei da morte e do pecado .

Também o nosso Senhor disse em João 8:

João 8:31-36
"Jesus dizia, pois, aos judeus que criam nele: Se vós permanecerdes na minha palavra, verdadeiramente sereis meus discípulos; E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. Responderam-lhe: Somos descendência de Abraão, e nunca servimos a ninguém; como dizes tu: Sereis livres? Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que todo aquele que comete pecado é servo do pecado. Ora o servo não fica para sempre em casa; o Filho fica para sempre. Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres."

Um homem só pode ser realmente livre somente através de Jesus Cristo. Ninguém mais pode fazê-lo livre da dominação do corpo de morte que Paulo menciona. Cristo é o único libertador. Onde quer que Seu espírito esteja ali há também a liberdade, diz a Palavra (II Coríntios 3:17). E este Espírito está em você! Como Gálatas 4:6 diz:

Gálatas 4:6
"E porque sois filhos, Deus enviou o Espírito de Seu Filho em seus corações, que clama Abba Pai"

e Colossenses 1:26-27
"o mistério que esteve oculto dos séculos e das gerações, mas agora foi revelado aos seus santos a quem Deus quis fazer conhecer quais são as riquezas da glória deste mistério entre os gentios: que é Cristo em vós, a esperança da glória. "

Cristo Libertador, a esperança da glória está em vós (Colossenses 1:27)! Você está livre agora!

João 8:36
"Portanto, se o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres."

Liberdade: o outro lado

Além daqueles que fizeram o cristianismo se parecer com uma coleção de leis, regras e rituais, há o outro lado também, que deve ser evitado da mesma forma. Neste lado temos aqueles que usam a liberdade como uma desculpa para o pecado "Não sou um Cristão? Não sou salvo pela graça? Cristo não me fez livre? Então está bem fazer o que eu quiser." Nesta categoria temos aqueles que afirmam que são cristãos, mas a maneira de viver é não difereem quase nada do modo de viver daqueles que não conhecem ao Cristo vivo. Quando as pessoas do mundo os vêem se sentem em confusão pois não sabem realmente qual a diferença entre ser cristão e não sê-lo. Contra esta maneira perigosa de pensar e de viver, Paulo adverte:

Gálatas 5:13
"Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não useis então da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pelo amor. "

E repete em I Pedro 2:15-16
"Porque assim é a vontade de Deus, que, fazendo bem, tapeis a boca à ignorância dos homens insensatos; como livres, e não tendo a liberdade por cobertura da malícia, mas como servos de Deus."

Apesar de sermos livres, não devemos usar a nossa liberdade como uma oportunidade para a carne, como "um manto de maldade" (1 Pedro 2:16). Como Paulo coloca em Romanos 6:

Romanos 6:15-18
"Pois que? Pecaremos porque não estamos debaixo da lei, mas debaixo da graça? De modo nenhum. Não sabeis vós que a quem vos apresentardes por servos para lhe obedecer, sois servos daquele a quem obedeceis, ou do pecado para a morte, ou da obediência para a justiça? Mas graças a Deus que, tendo sido servos do pecado, obedecestes de coração à forma de doutrina a que fostes entregues. E, libertados do pecado, fostes feitos servos da justiça."

Um homem é escravo do mestre a quem ele obedece. Será que vamos novamente obedecer ao pecado, ao passo que Cristo deu a Sua vida para nos livrar dele? "Certamente que não" é a resposta de Paulo. E ele continua:

Romanos 6:20-23
"Porque, quando éreis servos do pecado, estáveis livres da justiça.

E que fruto tínheis então das coisas de que agora vos envergonhais? Porque o fim delas é a morte. Mas agora, libertados do pecado, e feitos servos de Deus, tendes o vosso fruto para santificação, e por fim a vida eterna. Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor. "

É errado acreditar que não há nenhum problema se dermos algum lugar para o pecado. Existe um salário para isso "e o salário do pecado é a morte mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor". E, como Gálatas 6:7-8 repete:

Gálatas 6:7-8
"Não erreis: de Deus não se zomba: pois tudo o que o homem semear, isso também ceifará. Aquele que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção, mas o que semeia para o Espírito, do Espírito ceifará a vida. Eterna. "

Para concluir: vamos, portanto, "não usaar da liberdade como uma oportunidade para a carne, mas (vamos) através do amor servir um ao outro." (Gálatas 5:13)

 

Anastasios Kioulachoglou