Verdades Bíblicas
Inscreva-se

“Porque és morno” (Revelação 3:16) (PDF) Edição em PDF

“Porque és morno” (Revelação 3:16)

A mistura de frio e quente faz uma mistura morna, i.e., nem quente e nem fria. O Senhor dirigiu-se aos mornos em Revelação 3, falando ao anjo da igreja da Laodiceia. Lá nós lemos:

Revelação 3:15-19
“Conheço a tuas obras, que nem és frio nem quente; oxalá foras frio ou quente! Assim, porque és morno, e não és quente nem frio, vomitar-te-ei da minha boca. Porquanto dizes: Rico sou, e estou enriquecendo, e de nada tenho falta; e não sabes que és um coitado, e miserável, e pobre, e cego, e nu; aconselho-te que de mim compres ouro refinado no fogo, para que te enriqueças; e vestes brancas, para que te vistas, e não seja manifesta a vergonha da tua nudez; e colírio, a fim de ungires os teus olhos, para que vejas. Eu repreendo e castigo a todos quanto amo: sê pois zeloso, e arrepende-te.”

Conforme a passagem acima torna claro, o morno é inaceitável para o Senhor. O morno não é zeloso para o Senhor. Seu coração não é inflado de amor por Ele. A visão que ele mantém para si é inteiramente diferente da visão que o Senhor tem dele. Então, enquanto o Senhor o vê como um “coitado, e miserável, e pobre, e cego, e nu”, ele vê a si próprio como o rico que não tem necessidade de nada. O foco de seu interesse não é o Senhor e Sua opinião, mas, em vez disso, seu próprio ser. “Eu sou rico, e [eu] me tornei rico”, ele diz. Para o homem morno, Jesus Cristo foi provavelmente seu Senhor e ele confessou-se como tal, em algum momento no passado. Contudo, Ele não é seu Senhor, seu chefe HOJE. Seu chefe hoje é, em vez disso, seu próprio ser. Contudo, conforme Mateus 16:24-25 diz:

Mateus 16:24-25
“Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz, e siga-me; pois, quem quiser salvar a sua vida por amor de mim perdê-la-á; mas quem perder a sua vida por amor de mim, achá-la-á.”

O ato de seguir não é estático. Para seguir Jesus Cristo deve-se negar a si próprio, e isto não é algo estático. Ou seja, algo como porque nós fizemos isto ontem, certamente que o faremos hoje. Embora nós possamos confessar Jesus como o Senhor, se Ele for VERDADEIRAMENTE nosso Senhor, nosso chefe, isto é algo que nós decidimos todos os dias, ainda a cada momento. Jesus Cristo não nos quer como pessoas que somente confessaram-no como Senhor algum momento no passado, mas pessoas que VIVEM sua confissão continuamente. Conforme Paulo disse em 2 Coríntios 13:5

2 Coríntios 13:5
Examinai-vos a vós mesmos se permaneceis na fé; provai-vos a vós mesmos. Ou não sabeis quanto a vós mesmos, que Jesus Cristo está em vós?”

O fato de que nós uma vez acreditamos não significa que nós também temos fé hoje. Portanto, não relaxemos, mas, em vez disso, examinemos a nós mesmos. Nós temos fé hoje?

O propósito das questões abaixo não é gerar condenação ou medo (exceto o temor de Deus), mas fazer com que examinemos a nós próprios, conforme a Escritura diz que nós devemos fazer. Embora o Senhor despreze o morno, Ele ama o morno, e Ele quer mudá-lo. Ele quer vê-lo se arrependendo e se tornando ZELOSO. Essa é a razão pela qual na mesma passagem de Revelação 3 ele diz: “Eu repreendo e castigo a todos quanto amo”. A reação do Senhor contra o morno não é rejeição, mas repreensão, que, conforme Hebreus 12:11 diz, não “parece no momento ser motivo de gozo, porém de tristeza”. Porém, é esta “tristeza segundo Deus” que “opera [o] arrependimento” (2 Coríntios 7:10), que o morno tanto necessita.

Anastasios Kioulachoglou