Verdades Bíblicas
Inscreva-se

Os homens devem sempre orar e não desanimar (Lucas 18:1) (PDF) Edição em PDF

Os homens devem sempre orar e não desanimar (Lucas 18:1)

Em Lucas 18, lemos:

Lucas 18:1-8
"Disse-lhes Jesus uma parábola sobre o dever de orar sempre e nunca esmorecer: Havia em certa cidade um juiz que não temia a Deus, nem respeitava homem algum. Havia também, naquela mesma cidade, uma viúva que vinha ter com ele, dizendo: Julga a minha causa contra o meu adversário. Ele, por algum tempo, não a quis atender; mas, depois, disse consigo: Bem que eu não temo a Deus, nem respeito a homem algum; todavia, como esta viúva me importuna, julgarei a sua causa, para não suceder que, por fim, venha a molestar-me. Então, disse o Senhor: Considerai no que diz este juiz iníquo. Não fará Deus justiça aos seus escolhidos, que a ele clamam dia e noite, embora pareça demorado em defendê-los? Digo-vos que, depressa, lhes fará justiça. Contudo, quando vier o Filho do Homem, achará, porventura, fé na terra?"

A razão pela qual o Senhor falou esta parábola foi para "que os homens sempre orassem e não desanimassem". Alguns de nós pode, provavelmente, ter um pedido que ainda não foi respondido e por isso podemos nos sentir cansados e desanimados – e desta forma termos ficado desencorajados. O pedido da viúva não foi errado. Pelo contrário, foi bom e único. Como ela, alguns de nós podem ter pedidos bons e justos que ainda não receberam uma resposta. O que a Palavra de Deus nos diz para fazer? Para continuar a ir a Deus com estes pedidos. Para não nos sentirmos desencorajados, para não desanimarmos, mas para perseverar a ir a Ele em oração. Eu não digo que todos os nossos pedidos de oração serão realizados - eles têm que estar de acordo com a Sua vontade - nem quero dizer que alguém deve ir a Deus com pedidos para os quais Ele já respondeu negativamente. No entanto, para os pedidos que você sabe através da Palavra de Deus que estão em geral de acordo com a Sua vontade, você não deve desanimar, mas continuar a orar por eles. Como o Senhor disse em Mateus 7:7-11:

Mateus 7:7-11
"Pedi, e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei, e abrir-se-vos-á. Pois todo o que pede recebe; o que busca encontra; e, a quem bate, abrir-se-lhe-á. Ou qual dentre vós é o homem que, se porventura o filho lhe pedir pão, lhe dará pedra? Ou, se lhe pedir um peixe, lhe dará uma cobra? Ora, se vós, que sois maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará boas coisas aos que lhe pedirem?"

O Senhor dará boas coisas aos que lhe pedirem. Ele abrirá para aqueles que batem. Ele será encontrado por aqueles que o procuram. E irá ser dado àqueles que pedirem.

Todos o explanado acima mostra uma porta aberta para ir a Deus com ousadia e confiança e apresentar a Ele os nossos pedidos. Alguns de nós podem ter batido a porta, duas e três vezes ou mais, mas ela ainda está fechada. Por isso, devem sentir-se frustrados. "Se Deus realmente me amava, então por que ....?" Não podemos dizer que amamos a Deus totalmente se escondemos coisas dele - nossa dor, por exemplo. Quando Jó foi julgado, ele não estava feliz, mas triste. E o que ele fez não foi esconder sua tristeza e perguntas, mas expressá-lss abertamente. Aqui está o que ele disse:

Jó 23:3-5
"Ah! Se eu soubesse onde o poderia achar! Então, me chegaria ao seu tribunal.Exporia ante ele a minha causa, encheria a minha boca de argumentos. Saberia as palavras que ele me respondesse e entenderia o que me dissesse.”

Jó era muito aberto a Deus e apesar de seus três amigos estarem tentando convencê-lo que talvez, tivesse sido algum erro que ele fez que causou todo este problema, no final o Senhor disse: "meu servo Jó tem falado de mim o que é certo" (Jó 42:7). Em 2 Coríntios 5:18 Deus nos diz que nós fomos reconciliados com ele. Se fomos reconciliados com Deus, se Deus é nosso amigo, podemos realmente ter coisas escondidas em nosso coração e não abri-la totalmente a Ele? "Não há temor no amor, mas o perfeito amor lança fora o temor" (I João 4:18), diz a Palavra. Nós não amar plenamente a Deus, se ainda estamos com medo de falar com ele abertamente. Sim, Ele é o Deus Criador. Sim, Ele é o Deus Todo-Poderoso. Mas Ele também é seu pai. Ele é o Deus que tanto o amou, não enquanto você estava muito bom e fez muitas boas obras, mas enquanto vocês estavam mortos em delitos e pecados (Efésios 2:1-10). DEUS AMA VOCÊ meu amigo. Na porta que você parou de bater, você deve se levantar e bater novamente com ousadia. Para obter um exemplo da audácia com que você deve bater, vamos para a Lucas 11, às palavras do Senhor que precedem o "pedi e vos será dado “:

Lucas 11:5-10
"Disse-lhes ainda Jesus: Qual dentre vós, tendo um amigo, e este for procurá-lo à meia-noite e lhe disser: Amigo, empresta-me três pães, pois um meu amigo, chegando de viagem, procurou-me, e eu nada tenho que lhe oferecer. E o outro lhe responda lá de dentro, dizendo: Não me importunes; a porta já está fechada, e os meus filhos comigo também já estão deitados. Não posso levantar-me para tos dar; digo-vos que, se não se levantar para dar-lhos por ser seu amigo, todavia, o fará por causa da importunação e lhe dará tudo o de que tiver necessidade. Por isso, vos digo: Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á. Pois todo o que pede recebe; o que busca encontra; e a quem bate, abrir-se-lhe-á.”

O Senhor usa dois exemplos extremos, da viúva e do amigo - para nos dizer que devemos insistir e não desanimar ao bater a porta. A viúva sabia que o juiz "não temia a Deus nem considerava homens”. E, no entanto, ela não desanimou. Toda manhã ela se levantava e ia lá com a sua petição. Para ela, esse juiz era o único que poderia fornecer uma solução. O Senhor nos dá isto como um exemplo que devemos seguir: ir para o juiz justo, sem perder o coração, e ele irá com certeza julgar nossos pedidos.

No registro de Lucas 11:5-9 vemos alguém batendo a porta de seu amigo, e não à tarde, mas à meia-noite. Ele não tem muitas opções. Ou ele iria bater à porta de seu amigo ou ele diria "não pode ser feito". E bateu. Ele não disse "não pode ser feito". Ele não disse "Eu não vou bater porque é meia-noite". Em vez disso, ele tentou. Ele bateu na porta. E, então, segue as palavras do Senhor: "Pedi e vos será dado, buscai e achareis; batei e abrir-se-vos-á." Pois todo o que pede recebe, e quem busca, encontra; e àquele que bate, a porta será aberta "(Lc 11:9-10).

Abra seu coração para o Senhor plenamente, não escondendo nada. Ele te ama e Ele deseja muito ter um relacionamento aberto com você - como a relação que teria com seu melhor amigo. Portanto, não fique aí com hesitação, mas bata a sua porta e o faça com ousadia.

Anastasios Kioulachoglou