Verdades Bíblicas
Inscreva-se

Não ameis o mundo (PDF) Edição em PDF

"Não ameis o mundo"

A palavra de Deus nos dá este mandamento em 1 João 2:15-17. Assim está escrito:

1 João 2:15-17
"Não ameis o mundo, nem o que há no mundo. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não vêm do Pai, mas sim do mundo. Ora, o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus, permanece para sempre."

De acordo com esta passagem: "Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele." Em outras palavras: o amor do mundo elimina o amor do Pai. É impossível a ambos coexistirem em uma só pessoa. Eu gostaria hoje de focar em alguns pontos referentes a este assunto, começando a partir do livro de Juízes.

1. Juízes 1-2

Em Juízes 1-2 Israel, o povo de Deus, alcançou finalmente a Terra Prometida e estavam prontos para tomá-la. Contudo, a ordem de Deus não foi apenas tomá-la, mas também retirar de lá todas as nações que a ocupavam. Conforme lemos em Deuteronômio 7:16.

Deuteronômio 7:16
Consumirás todos os povos que o Senhor teu Deus te entregar; os teus olhos não terão piedade deles; e não servirás a seus deuses, pois isso te seria por laço.

Também Deuteronômio 7:2-6
"E o SENHOR teu Deus as tiver dado diante de ti, para as ferir, totalmente as destruirás; não farás com elas aliança, nem terás piedade delas. Nem te aparentarás com elas; não darás tuas filhas a seus filhos, e não tomarás suas filhas para teus filhos; Pois fariam desviar teus filhos de mim, para que servissem a outros deuses; e a ira do SENHOR se acenderia contra vós, e depressa vos consumiria. Porém assim lhes fareis: Derrubareis os seus altares, quebrareis as suas estátuas; e cortareis os seus bosques, e queimareis a fogo as suas imagens de escultura. Porque povo santo és ao SENHOR teu Deus; o SENHOR teu Deus te escolheu, para que lhe fosses o seu povo especial, de todos os povos que há sobre a terra."

 

O Senhor escolheu Israel para ser Seu povo. Seu povo, portanto, não deveria se misturar com os Gentios. O Senhor não quis um povo misto, com um pé NELE e outro no mundo. Em contrapartida, Ele quis o povo para ser TOTALMENTE entregue a Ele, sabendo que qualquer mistura com as nações os afastariam de DELE.

Apesar da clareza da ordem de Deus, Israel negou a segui-lo. Juízes 1:27-33 nos diz:

Juízes 1:27-33
"Manassés não expulsou os habitantes de Bete-Seã, nem mesmo dos lugares da sua jurisdição; nem a Taanaque, com os lugares da sua jurisdição; nem os moradores de Dor, com os lugares da sua jurisdição; nem os moradores de Ibleão, com os lugares da sua jurisdição; nem os moradores de Megido, com os lugares da sua jurisdição; e resolveram os cananeus habitar na mesma terra.......Tampouco expulsou Efraim os cananeus... Tampouco expulsou Zebulom os moradores de Quitrom.... Tampouco Aser expulsou os moradores de Aco....... Tampouco Naftali expulsou os moradores de Bete-Semes, nem os moradores de Bete-Anate; mas habitou no meio dos cananeus que habitavam na terra; porém lhes foram tributários os moradores de Bete-Semes e Bete-Anate."

Então no capítulo 2 nós lemos:

Juízes 2:1-3
"E subiu o anjo do SENHOR de Gilgal a Boquim, e disse: Do Egito vos fiz subir, e vos trouxe à terra que a vossos pais tinha jurado e disse: Nunca invalidarei a minha aliança convosco. E, quanto a vós, não fareis acordo com os moradores desta terra, antes derrubareis os seus altares. Mas vós não obedecestes à minha voz. Por que fizestes isso? Assim também eu disse: Não os expulsarei de diante de vós; antes estarão como espinhos nas vossas ilhargas, e os seus deuses vos serão por laço. "

Em vez de se separem dos Gentios, Israel misturou-se com eles e negou de expulsá-los. Provavelmente eles devem ter tido razões. Eles devem ter pensado que o que Deus tinha dito era... demais e que, no final, eles podiam servir o Senhor, tendo os Gentios vivendo no meio deles. Não é difícil encontrar desculpas para cumprir a Palavra de Deus. Existem muitas desculpas que alguém pode encontrar para justificar um espaço nele para a vida mundana. Contudo, a verdade era que Deus tinha falado. Ele falou, ordenando a Seu povo para se separarem dos Gentios. Assim como Ele tem falado a nós Seu povo, ordenando-nos a não juntarmos aos incrédulos:

2 Coríntios 6:14-18
"Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas? E que concórdia há entre Cristo e Belial? Ou que parte tem o fiel com o infiel? E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos? Porque vós sois o templo do Deus vivente, como Deus disse: Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo. Por isso "saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor; E não toqueis nada imundo, E eu vos receberei; E eu serei para vós Pai, E vós sereis para mim filhos e filhas, Diz o Senhor Todo-Poderoso."

Deus havia falado. Ele quer seu povo um povo santo, sem mistura alguma com o mundo e suas práticas. Ele não quis que Israel se misturasse com os Gentios, porque Ele sabia que tal mistura os levaria para longe Dele e próximo aos Gentios, o que realmente aconteceu:

Juízes 2:11-13
"Então fizeram os filhos de Israel o que era mau aos olhos do SENHOR; e serviram aos baalins. E deixaram ao SENHOR Deus de seus pais, que os tirara da terra do Egito, e foram-se após outros deuses, dentre os deuses dos povos, que havia ao redor deles, e adoraram a eles; e provocaram o SENHOR à ira. Porquanto deixaram ao SENHOR, e serviram a Baal e a Astarote."

A mistura do povo de Deus com os Gentios sempre trará perda. O amor do mundo mata o amor do Pai, e a união com incrédulos leva ao esquecimento do Senhor e a adorar os deuses que os incrédulos adoram. O amor para Senhor congela, quando Seus filhos começam a olhar o mundo, para "as nações ao redor deles". Quando eles permitem “o cuidado deste mundo, a sedução para as riquezas e o desejo para outras coisas" (Marcos 4:19) que entrem em seus corações e se afastem do Senhor, assim como os Gentios fizeram os Israelitas se afastarem de Deus quando os Israelitas permitiram que ficassem na terra Prometida.

2 Tiago 4:4 e outras passagens

O fato de que o Amor de Deus e o amor do mundo são coisas inteiramente incompatíveis entre si está também confirmado por outras passagens da Escritura que o colocam um contra o outro. Tal qual a passagem de Tiago 4:4. Onde lemos:

Tiago 4:4
"Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus."

O adúltero é aquele que está em uma relação de matrimônio, e ainda assim busca relacionamentos fora dele. Isto o torna um adúltero. De forma similar, adúltero em Tiago 4 é aquele que embora em uma aliança com Deus e apesar de estar comprometido com Senhor Jesus Cristo (2 Coríntios 11:2), ele está também em outras alianças e declaradamente aliança com o mundo. Isto o torna adúltero. Em outras palavras, é adultério ter um relacionamento com o Senhor e simultaneamente buscar uma amizade com o mundo. Amizade com ambos, o mundo e com Deus, NÃO É POSSÍVEL. No coração do homem de Deus apenas Deus deve morar e Deus não aceita outro coabitando lá. Conforme Lucas 10:27 claramente diz:

Lucas 10:27
"E, respondendo ele, disse: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças, e de todo o teu entendimento."

E Mateus 6:24
"Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom."

É impossível servir a dois senhores. É impossível termos nossos olhos fixos em ambos, Deus e o mundo. Porque:

Mateus 6:21
"Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração."

É impossível termos nossos corações no Céu quando nosso tesouro está em coisas da terra. Não podemos caminhar nos caminhos de Deus, tendo nossos olhares fixos nas coisas do mundo. Para caminharmos o caminho do Senhor precisamos da respectiva visão e Hebreus 12:1-2 nos diz como isto é chamado:

Hebreus 12:1-2
"Corramos com paciência a carreira que nos está proposta. Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus."

Também Colossenses 3:1-2
"Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus. Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra."

As coisas em que devemos ter em nossas mentes são as coisas do alto. A visão do Cristão é o Senhor Jesus Cristo. Tudo mais, mesmo sendo lógico e bom é uma visão errada que nos leva a caminhos errados. Como Jesus disse em Mateus 16:24-25:

Mateus 16:24-25
"Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-Me. Porque aquele que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim, acha-la-á."

O caminho de Jesus Cristo, o caminho certo, não é o caminho do egoísmo, mas ao contrário: o caminho de renúncia de si mesmo. Aquele que quer segui-Lo, não deve buscar suas próprias vontades, mas a vontade daquele que morreu por ele. Conforme 2 Coríntios 5:14-15 nos diz:

2 Coríntios 5:14-15
"Porque o amor de Cristo nos constrange, julgando nós assim: que, se um morreu por todos, logo todos morreram. E ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou."

Jesus Cristo morreu para que não mais vivamos para nós mesmos, mas para para ELE que morreu por nós. “E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências”, Gálatas 5:24 diz. Nós também seguimos a Cristo ou a carne. Nós também seguimos a Deus ou ao mundo. Nós também nos juntamos a incrédulos ou a Deus. Não existe meio termo aceitável. O caminho de Deus é contrário ao caminho do mundo e nós não podemos seguir a ambos.

Anastasios Kioulachoglou