Verdades Bíblicas
Inscreva-se

Lobos em peles de cordeiros na igreja de Deus (PDF) Edição em PDF

Lobos em peles de cordeiros na igreja de Deus

Em atos 20 encontramos Paulo viajando para Jerusalém. Esta seria a última jornada para os lugares onde ele pregou a Palavra e fez discípulos de Cristo. Após alcançar Éfeso, ele enviou e chamou pelos anciãos da igreja local:

Atos 20:17
“E de Mileto mandou a Éfeso, a chamar os anciãos da igreja”.

Estas pessoas eram velhos, i.e., pessoas velhas na fé, além dos mares – conforme os versos que tornam claro – que o Espírito Santo estabelecera para pastor da Igreja. Nesta reunião com eles, Paulo, depois de lembrá-los a forma que ele caminhava quando estava entre eles, continua com a seguinte advertência:

Atos 20:28-31
Olhai, pois, por vós, e por todo o rebanho sobre que o Espírito Santo vos constitui bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele resgatou com seu próprio sangue. Porque eu sei isto que, depois de minha partida, entrarão no meio de vós lobos cruéis, que não pouparão ao rebanho; E que de entre vós mesmos se levantarão homens que falarão coisas perversas, para atraírem os discípulos após si. Portanto, vigiai, lembrando-vos de que durante três anos, não cessei, noite e dia, de admoestar com lágrimas a cada um de vós".

O fato de que as pessoas que Paulo encontrava eram bispos constituídos pelo Espírito Santo para apascentar a igreja de Deus não significa que eles fossem excluídos desta advertência. Entre estas pessoas, que até então apascentavam a igreja de Deus, haveria alguns que um dia, em vez de liderar os discípulos atrás de Cristo, conforme eles costumavam fazer, eles começariam a liderá-los após si próprios. Esta é uma advertência muito clara. Um ministro pode começar muito bem. Um servo de Deus pode ter sido constituído por Ele no ministério; o Senhor mesmo pode tê-lo constituído para ser um ancião. Contudo, o que começou bem não significa necessariamente que continuará bem. Alguns servirão como deveriam. No entanto, alguns outros não. Embora Deus colocasse-os no ministério, dando-lhes presentes para servir a Seu povo, no final eles se voltariam e usariam estes presentes para fazer os discípulos seguirem-no em vez de a Cristo. Meu irmão, se você serve o povo de Deus, tenha cuidado em voltar o povo para Cristo, e não para você mesmo. Tenha cuidado para que seja Cristo, e não você aquele que você indica para o povo.

“Por seus frutos os conhecereis”

Os anciãos da igreja de Éfeso que desencaminhariam, e sobre quem Paulo está falando, são colocados na mesma categoria dos lobos que, após a partida de Paulo, entrariam no meio deles sem poupar o rebanho. A diferença entre uma ovelha e um lobo dentro da igreja de Deus não é o lado externo: no lado externo ambos podem se parecer com uma ovelha. Em vez disso, a diferença está no fruto que eles dão. Conforme disse o Senhor:

Mateus 7:15-23
“Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores. Por seus frutos os conhecereis. Porventura colhem-se uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos? Assim, toda árvore boa produz bons frutos, e toda a árvore má produz frutos maus. Não pode a árvore boa dar maus frutos; nem a árvore má dar frutos bons. Toda a árvore que não dá bom fruto corta-se e lança–se no fogo. Portanto, por seus frutos os conhecereis. Nem todo aquele que diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade.”

É interessante que o Senhor fale sobre aqueles que não entrarão no reino dos céus, imediatamente após sua referência aos falsos profetas, e como se pode reconhecê-los. Os falsos profetas também dirão “Senhor, Senhor”. Em nome de Cristo eles também farão milagres e profetizarão. Contudo, isso não os torna discípulos verdadeiros, genuínos. Não são as palavras, as maravilhas ou as profecias que marcam o genuíno em relação ao não genuíno, o lobo do cordeiro, mas o fruto que se dá. E aqui nós falamos sobre o fruto de Gálatas 5:

Gálatas 5:19-21
“Porque as obras de carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus".

Alguém pode dizer que conhece o Senhor. Ele pode também ter feito maravilhas em Seu nome. Pode ter profetizado em nome de Cristo. No entanto, estas coisas fazem-no um cordeiro verdadeiro ou lhe dão entrada no reino de Deus, se seu fruto for o fruto da passagem acima? Bem, conforme disse o Senhor e conforme Paulo também repete: NÃO! Conforme Tiago também diz:

Tiago 2:14-18
“Meus irmãos, que aproveita se alguém disser que tem fé, e não tiver as obras? Porventura a fé pode salvá-lo? E, se o irmão ou a irmã estiverem nus, e tiverem falta de mantimento quotidiano, e algum de vós lhes disser: Ide em paz, aquentai-vos, e fartai-vos; e não lhes derdes as coisas necessárias para o corpo, que proveito virá daí? Assim também a fé, se não tiver as obras, é morta em si mesma. Mas dirá alguém: tu tens a fé, e eu tenho as obras; mostra-me a tua fé sem as tuas obras, e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras”.

Muitos irmãos se confundiram com a passagem acima. Especialmente a frase “Porventura pode a fé salvá-lo?” deixou muitos perplexos. No entanto, a passagem não fala da fé verdadeira, mas da fé que alguém diz que tem. “Mas dirá alguém que tem a fé”, se diz. A fé que existe somente em palavras não salva.

Romanos 10: 9-10 não diz que “se você confessar com a sua boca o Senhor Jesus será salvo”. O que se diz é:

Romanos 10:9-10
“Se com tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação".

Com o coração se crê”. Uma confissão é verdadeira quando o coração concorda com ela. E quando há fé no coração então haverá também o fruto respectivo. “Toda árvore boa produz bons frutos e toda árvore má produz maus frutos. Não pode a árvore boa dar maus frutos; nem a árvore má dar frutos bons.” É impossível ter fé e não ter o fruto respectivo.

Externamente, tanto o lobo quanto o cordeiro parecem o mesmo: Ambos se parecem com o cordeiro. No entanto, é o fruto que faz a diferença. Enquanto o lobo faz o fruto respectivo para Gálatas 5:19-21, o cordeiro faz frutos respectivos a Gálatas 5:22-23:

Gálatas 5:22-23
“Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei”.

Olhemos, pois, por nós (Atos 20:28). Examinemos a nós mesmos se permanecemos na fé (II Coríntios 13:5). Que tipo de fruto vem de nossos corações? Gálatas 5:19-21 ou Gálatas 5:22-23? Não há proveito em dizer “Senhor, Senhor” e em fazer tais afirmações, quando nossos corações não estão OK. Não há ponto algum em honrar o Senhor com nossos lábios quando nosso coração está longe Dele.

Isaías 29:13
“Porque o Senhor disse: .... este povo se aproxima de mim, e com a sua boca, e com os seus lábios me honra, mas o seu coração se afasta para longe de Mim

e I Samuel 16:7
“Porque o SENHOR não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o SENHOR olha para o coração.

É no coração que o Senhor está interessado. Deixe-o portanto ser limpo, uma casa para o Senhor, cheio de fé e bons frutos.

Anastasios Kioulachoglou