Verdades Bíblicas
Inscreva-se

Justificado, salvo pela graça (PDF) Edição em PDF

Justificado, salvo pela graça

As boas novas contidas na parte da Palavra de Deus dirigida aos crentes após o dia de Pentecostes é que Jesus Cristo cumpriu todas as condições necessárias para que, confessando-O como Senhor e crendo que Deus o ressuscitou dentre os mortos você estará justificado e salvo. Esta é uma notícia muito boa, não é? Efésios nos diz:

Efésios 2:8
“Porque PELA GRAÇA sois salvos mediante a fé: e isto não vem de vós: é DOM de Deus: Não por obras, para que ninguém se glorie”

também em Romanos 10: 9-10
Se você confessar com a boca o Senhor Jesus, e acreditar em seu coração que Deus o levantou de entre os mortos, você será salvo. Pois com o coração o homem crê para a justiça; e com a boca confissão é feita para a salvação.”

e Atos 16:30-31
“Então ele os trouxe para fora e disse,” Senhores o que devo fazer para que seja salvo?”E ele disse,” Crê no Senhor Jesus, e serás salvo, tu e a tua casa.”

Também: Romanos 3:20-24, 28
“Portanto ninguém será declarado justo diante dele (Deus) através das obras; pois o que vem pela lei é o pleno conhecimento do pecado. Mas agora, sem lei a justice de Deus tem se manifestado, que é atestada pela lei e pelos Profetas. Isto é, a justiça de Deus vem pela fé em Cristo Jesus para todo aquele que crê. Pois não há distinção, porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus; sendo justificados gratuitamente pela sua graça mediante a redenção que há em Cristo Jesus... Portanto concluímos que o homem é justificado pela fé sem as obras da lei”

O trecho acima declara que a nossa salvação e nosso direito de estarmos diante de Deus, isto é, a nossa justiça, não estão baseados no número de boas obras que fizemos, fazemos ou iremos fazer, mas na graça de Deus. De acordo com as passagens acima, ainda que você mantivesse toda a lei não poderia ser justo diante de Deus, pois como lemos: ninguém pode ser justo diante de Deus pelas obras da lei. E também diz que "todos pecaram". Mesmo se você nunca tivesse pecado em sua vida (que eu tenho certeza que não é verdade), há ainda o pecado de Adão que passa de geração em geração. Mas, louvado seja Deus, que uma outra forma tenha sido providenciada pela qual podemos ser justos diante dEle. Esta forma é chamado de graça. Sim, alguém tinha que trabalhar para que todos esses dons estivessem livremente disponíveis para nós. No entanto, este alguém não era nem você nem eu mas o Senhor Jesus Cristo. Romanos 3 nos fala sobre as realizações de Jesus Cristo:

Romanos 3:23-26
“Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus; sendo justificados gratuitamente pela sua graça, mediante a redenção que há em Cristo Jesus, ao qual Deus propôs como propiciação, pela fé, no seu sangue, para demonstração da sua justiça por ter ele na sua paciência, deixado de lado os delitos outrora cometidos; para demonstração da sua justiça neste tempo presente, para que ele seja justo e também justificador daquele que tem fé em Jesus.”

A redenção está em CRISTO JESUS, não no que você e eu conseguimos realizar. Isto é muito importante se quisermos compreender a relação que temos com Deus. Nosso relacionamento é baseado na graça de Deus e nas realizações de Jesus Cristo, não em nosso valor, obras ou realizações. Somos justos diante de Deus 24 horas por dia. A razão é que este direito foi-nos dado pela graça. Foi dado a nós como um resultado do favor imerecido e amor que Deus tem para nós. É a "justiça de Deus", não a nossa justiça, ou justiça-própria. Este "de" indica a fonte dessa justiça. Esta fonte não é nem você nem eu, mas Deus. Gálatas 2:16 também nos diz:

"saber que um homem não é justificado pelas obras da lei, mas pela fé em Jesus Cristo. Assim também nós colocamos a nossa fé em Cristo Jesus para que possamos ser justificados pela fé em Cristo e não pelas obras da lei: pois pelas obras da lei ninguém será justificado."

Mais uma vez vemos que um homem não é justificado por obras da lei, mas pela fé em Jesus Cristo! Se fosse pelas obras, eu poderia dizer: "Olha eu fiz mais do que eu mereço mais do que você.." Ninguém merecia algo de Deus. Foi Deus que, motivado por Seu amor por nós, sacrificou o Seu Filho para que, crendo nEle podemos ser justos e salvos. Isso é realmente graça! Maravilhosa graça!

Anastasios Kioulachoglou