Verdades Bíblicas
Inscreva-se

Eva em Gênesis (PDF) Edição em PDF

Eva em Gênesis

O propósito deste artigo é mostrar através do exemplo de Eva em Gênesis, como é importante conhecer e aplicar de forma exata o que a Bíblia, a Palavra de Deus, diz.

Nós estamos no segundo capítulo de Gênesis. Deus já havia criado o homem, (Gênesis 1:28), colocando apenas uma restrição a ele:

Gênesis 2:16-17
“E ordenou o SENHOR Deus ao homem, dizendo: De toda a árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás.”

Isto é o que Deus disse, por exemplo, esta é a palavra de Deus. Vamos agora a Gênesis 3.

Gênesis 3:1
“ORA, a serpente era mais astuta que todas as alimárias do campo que o SENHOR Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda a árvore do jardim?”

Neste versículo, a serpente, que é um outro nome para o diabo, tentou Eva. Como podemos ver, desde o início, ele não revelou sua verdadeira face. Ao invés disso, ele começou com uma pergunta: “Deus realmente disse, vocês não devem comer de toda árvore do jardim?” Ele sabia o que Deus havia dito? É claro que sabia. Contudo, fazendo a pergunta, ele tentava colocar dúvidas na mente de Eva sobre o que Deus havia dito. Esta estratégia não mudou de forma alguma. De fato, quantas pessoas têm através dos séculos, gastado suas vidas tentando desafiar o povo de Deus sobre o que Deus disse, exatamente como o diabo fez? E eles sempre alcançarão êxito enquanto o povo de Deus, exatamente como Eva em Gênesis, não prestarem atenção ao que a Bíblia, a Palavra de Deus, diz. É por isso que é necessário manejar corretamente, conhecer e aplicar, o que a Palavra de Deus, a Bíblia, diz. Infelizmente, Eva não fez isso. Veja as resposta dela nos versículos 2 e 3 de Gênesis 3:

Gênesis 3:2-3
“E disse a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim comeremos, Mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis para que não morrais.”

Num primeiro olhar, o que Eva disse parece bastante exato. Todavia uma simples comparação ao que Deus disse pode provar que não é. De fato, enquanto Eva disse: “Nós podemos comer o fruto das árvores do jardim” (Gênesis 3:2), Deus disse: “De toda árvore do jardim você pode comer livremente” ( Gênesis 2:16). Evidentemente, ela omitiu a palavra “ livremente ”. Agora você pode dizer “Oh, isto não é nada. Não interessa”. Mas se não interessa, então por que Deus disse? Tudo que Deus diz interessa. Toda palavra da Bíblia está lá porque Deus quis assim e por isso é igualmente Palavra de Deus. Voltando para Eva, sua omissão foi apenas o início. Em Gênesis 3:3, Eva, supostamente recita o que Deus, disse: “Mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, Deus disse: “Você não deve comer, nem deve tocar ou você morrerá.” Foi isto mesmo que Deus disse? Não! Ele nunca disse “nem deve tocar”, mas Ele declarou enfaticamente que “no dia [no dia exato] que você comer dele você certamente morrerá”. Desde que, Deus está certo em tudo que Ele diz, alguma coisa tinha que morrer naquele dia, e é disso que nós tratamos no artigo “Corpo, Alma e Espírito”. Mas veja aqui o que Eva disse: ela inicialmente omitiu uma palavra, depois acrescentou uma frase, finalmente tirou toda a ênfase daquilo que Deus disse. Por esta razão, o que ela disse, embora pareça similar ao que Deus disse, não era realmente aquilo que Ele havia dito. Eu também acredito que isto indica que embora ela saiba a Palavra de Deus, não a sabe com exatidão então, esta Palavra não era tanto parte do coração dela como deveria ser. As ações dela confirmam isto. Depois de ver como Eva lidava com a Palavra de Deus que Satanás revela sua verdadeira identidade: “Então a serpente disse a mulher, Certamente você não morrerá” (Gênesis 3:4) Veja a contradição entre o que Deus havia realmente dito: Deus disse: “você certamente morrerá” (Gênesis 2:17). O diabo disse: “Certamente você não morrerá”. Não é interessante que leva apenas a adição de uma pequena palavra, a palavra “não”, para chegar a tal contradição com a Palavra de Deus? Você pode pensar que isto mudou hoje, mas não mudou. Por exemplo, por milhares de anos Deus disse na Bíblia: “Pela graça você é salvo através da fé; …não por obras para que ninguém se glorie” ( Efésios 2:8-9). Todavia, por milhões de anos pessoas têm feito exatamente o oposto: “por obras”. Adivinhe quem fez o “não por obras” de Efésios 2: 8-9 não existente para estas milhares de pessoas? O mesmo que falou com Eva e acrescentou o “não” em Gênesis 3.

Para concluir: em Gênesis, Eva foi tentada pelo demônio, exatamente como Jesus foi em Mateus 4. Todavia, enquanto Jesus respeitou, conhecia e aplicava a Palavra de Deus, Eva não soube lidar com ela. O que Deus disse carregava, talvez, certo peso para ela, mas bem menos do que ela deveria carregar. Isto é demonstrado pela sua resposta ao demônio em Gênesis 3 onde ela estava acrescentando e omitindo frases, Palavras e ênfases do que Deus realmente havia dito. Apenas depois que o diabo viu isto, ele mostrou sua verdadeira identidade. Este exemplo nos mostra como é importante conhecer e aplicar de forma correta a Bíblia, a Palavra de Deus. A Palavra de Deus é a espada de dois gumes que Deus nos deu “para nos resistirmos aos ardis do diabo” ( Efésios 6:11). Se você não conhece a Bíblia, a palavra de Deus, e se você não a colocou em seu coração, então como você resistirá, sem sua espada, contra os ardis do diabo? Você não terá a mínima chance, exatamente como Eva não teve a mínima chance. Conhecendo apenas porções e pedaços ou tendo apenas algum conhecimento de cabeça da Palavra não irá ajudá-lo. Você deve conhecer o que Deus disse e isto deve ser parte de seu coração. Só então você poderá ser capaz de responder da forma que nosso Senhor Jesus Cristo respondeu ao diabo em Mateus 4, por exemplo, como um forte “está escrito” e não com um “oh, vamos ver… eu acho…” como Eva essencialmente fez em Gênesis. O exemplo de Eva em Gênesis é um exemplo a ser evitado e no artigo “As Tentações de Jesus (Mateus 4)” nós mostraremos exemplos a serem seguidos: o exemplo de nosso Senhor Jesus Cristo.

Anastasios Kioulachoglou

Português: Fabricia Lucena, Giulia Silva (Christian-translation.com)