Verdades Bíblicas
Inscreva-se

“De acordo com Sua vontade” (PDF) Edição em PDF

“De acordo com Sua vontade”

Sobre a importância do alinhamento daquilo que pedimos a Deus em oração com Sua vontade, I João 5:14-15 nos diz:

I João 5:14-15
“E esta é a confiança que temos nele, que, se pedirmos alguma coisa, segundo a sua vontade, ele nos ouve. E, se sabemos que nos ouve em tudo o que pedimos, sabemos que alcançamos as petições que lhe fizemos.”

Esta passagem não diz que “se pedirmos alguma coisa, Deus nos ouve”, mas “se pedirmos alguma coisa, segundo a Sua vontade, Deus nos ouve". Portanto, para a nossa oração ser ouvida é necessário que oremos para estarmos em alinhamento com a vontade de Deus, que é como Romanos 12:2 nos diz: “boa, agradável, e perfeita”. Assim, é necessário conhecer a vontade de Deus para que possamos saber o que devemos esperar dele. Agora, para conhecer a vontade de alguém ele tem primeiro fazer essa vontade conhecida a nós de alguma forma. Da mesma forma, para conhecer a vontade de Deus, Deus tem que revelar para nós, seja através da Bíblia, Sua palavra escrita, ou através do Espírito Santo que Ele nos deu quando nascemos de novo. Sobre o assunto anterior, quando, por exemplo, diz que não devemos nos preocupar com o que vamos comer ou o que beberemos, ou que vestiremos, mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas nos serão acrescentadas (Mateus 6:25-34), isto nos dá a vontade de Deus sobre preocupações e prioridades: colocar Deus e seu Reino em primeiro lugar, nos diz, não ficar inquieto por coisa alguma; ao em vez de lançar todas as suas preocupações sobre Ele, e “todas estas as coisas vos serão acrescentadas” (Mateus 6:33). O mesmo também acontece com muitas outras coisas que têm aplicação geral para todos, como a salvação, cura, etc. Por estas e por qualquer outra coisa que a Palavra de Deus define como a vontade de Deus, não é necessário esperar para que Deus venha e anuncie a nós em particular que eles estão disponíveis. ELE JÁ FEZ ESSE ANÚNCIO NA SUA PALAVRA!

Contudo, além das coisas que têm uma aplicação geral e são totalmente cobertas pela Palavra escrita de Deus, a Bíblia, há também outras coisas especiais, que por causa de seu caráter especial não são por ela abrangidos. Assim, por exemplo, a Palavra de Deus, além de algumas orientações gerais sobre o que devemos esperar geralmente1, não me diz que x trabalho é para mim, ou que eu deveria ir amanhã a tal local para fazer tal trabalho para Deus lá, ou que eu deveria casar com fulano(a). Como, portanto, posso saber qual é a vontade de Deus sobre essas ou outras coisas semelhantes? A resposta é ATRAVÉS DO ESPÍRITO QUE DEUS DEU A NÓS para comunicar-se conosco. Deus não está apenas na Bíblia, como muitos cristãos pensam. Ele também está em nós através do Espírito que Ele nos deu e que é manifestado por nove maneiras enumeradas em I Coríntios 12:8-10. Estas são: palavra de sabedoria, palavra de conhecimento, fé, dons de curar, operação de milagres, profecia, discernimento de espíritos, variedades de línguas, interpretação de línguas. A partir dessas nove manifestações, as de palavra de conhecimento e palavra de sabedoria foram especificamente dadas a nós para nos forneçam com conhecimento e sabedoria sobre as situações, que caso o contrário, seria impossível adquirir através de nossos cinco sentidos. Assim, se eu quiser aprender se é a vontade de Deus para começar o tal trabalho ou fazer tal coisa, eu não deveria ir pelo meu intelecto, nem devo começar a “tentar isso”. Em vez disso, eu deveria ir para o meu Pai, discuta a coisa com Ele, e Ele revelará se é sensato e bom fazer as escolhas que eu considero fazer. Como Tiago 1:5 diz:

Tiago 1:5
“se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada.”

Deus realmente quer que nós (esta é a Sua vontade) nos voltemos para Ele e recebamos sabedoria abundantemente e sem repreensão.

Para concluir, portanto: em lugar nenhum Deus nos diz que toda a Sua vontade está em Sua Palavra escrita, como muitas pessoas sustentam. De fato, uma grande parte disso, que tem aplicação geral a todos, está lá. No entanto, há coisas que são especiais e não podem ser abrangidas pela Palavra escrita. Entre estas estão incluídas uma grande parte de nossas decisões cotidianas e certamente Deus tem uma vontade direcionada a elas. Ele realmente tem uma vontade para tudo que estamos fazendo e a maneira de encontrá-la, se claro que não já está escrito na Bíblia, é pedindo a Ele para nos mostrar, para nos revelar, através do Seu espírito. Voltada então para I João 5:14-15, temos que ter certeza, através da palavra de Deus escrita e / ou falada o que é a vontade de Deus sobre as coisas que estamos pedindo Dele. Se o que estamos pedindo a Ele está em alinhamento com a Sua vontade, podemos ter certeza de que vai acontecer, enquanto confiamos em Deus para fazê-lo. Se, no entanto, não está em alinhamento com a vontade de Deus, então I João 5:14-15 deixa claro que....... felizmente, isso não irá acontecer.

 

Anastasios Kioulachoglou

 



Notas de Rodapé

1. Nos diz por exemplo que os dons de Deus são bons e perfeitos (Tiago 1:17), que Deus é capaz de fazer abundantemente, acima de tudo que pedimos ou pensamos (Efésios 3:20), que a bênção do Senhor enriquece e não traz consigo dores (Provérbios 10:22), etc.