Verdades Bíblicas
Inscreva-se

Amor: necessário para conhecer a Deus (PDF) Edição em PDF

Amor: necessário para conhecer a Deus

1 João 4:7 é uma das muitas passagens que falam sobre o amor. Lá nós lemos:

1 João 4:7-8
“Amados, amemo-nos uns aos outros; porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. Aquele que não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor”

Conforme a passagem diz: Aquele que não ama não conhece a Deus” Muitos acreditam que para conhecer a Deus somente se necessita conhecer bem a Bíblia. Na verdade, Deus nos deu a Escritura para conhecê-lo, uma vez que Ele revela a si próprio. Porém, como está claro isto não pode ser feito somente pelo conhecimento mental. Também é necessário o AMOR. Ainda que alguém tenha total conhecimento intelectual da Escritura, ele não conhecerá Deus se este conhecimento não for acompanhado pelo amor. Como em 1 Coríntios 13:1-3 nos diz:

I Coríntios 13:1-3
“Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine. E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria. E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.”

Esta passagem não diz que a profecia, a grande fé, o professar em línguas, etc., sejam ruins, ou que o falar em línguas e as outras manifestações do espírito (veja 1 Coríntios 12:8-10) não estejam em existência agora, e não devam ser feitos. O que a passagem diz é que se eu fizer tudo isso sem amor eu nada sou. Isso não tem proveito. Ainda que eu entenda toda a Bíblia e não tenha questão alguma, ainda que eu seja um especialista em conhecimento da Bíblia, se eu não tiver amor eu nada serei. Ainda que eu gaste toda a minha vida e dinheiro por Deus, se eu não amar eu nada sou. Ainda que eu tenha dado meu corpo para ser queimado, se eu não amar eu nada sou. Porque se eu não amar eu ainda sou ignorante para Deus, que é amor.

As pessoas que conhecem menos e amam mais conhecerão Deus melhor do que eu. Conforme 1 Coríntios 8:1-3 diz:

I Coríntios 8:1-3
“Ora, no tocante às coisas sacrificadas aos ídolos, sabemos que todos temos ciência. A ciência incha, mas o amor edifica. E, se alguém cuida saber alguma coisa, ainda não sabe como convém saber. Mas, se alguém ama a Deus, esse é conhecido dele.”

O conhecimento não é ruim. Contudo, quando não se está acompanhado pelo amor, isso não resultará em um conhecimento de Deus, mas em vez disso resultará em um envaidecimento, em orgulho. Além disso, a mesma passagem em combinação com 1 João 4:20-21 torna claro que o argumento vai ao contrário disso, i.e., se nós não amamos uns aos outros não somente não conheceremos a Deus, mas também não seremos conhecidos por Ele.

I Coríntios 8:3
Se alguém ama a Deus, esse é conhecido dele”.

1 João 4:20-21
“Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu? E dele temos este mandamento: que quem ama a Deus, ame também a seu irmão.”

Nós não podemos dizer que amamos a Deus quando nós não amamos uns aos outros. Em outras palavras, o amor de uns pelos outros é um pré-requisito para amar a Deus. Desde então o amor a Deus é pré-requisito para ser conhecido por Ele, e, desde que nós não possamos amar a Deus se nós não amarmos uns aos outros, nós podemos facilmente concluir que o amor de uns aos outros é um pré-requisito para ser conhecido por Deus. Portanto, o que é necessário tanto para conhecer quanto para ser conhecido por Deus? A resposta é o amor de uns pelos outros.

Anastasios Kioulachoglou