Verdades Bíblicas
Inscreva-se

A palavra “coração” na Bíblia (PDF) Edição em PDF

A palavra “coração” na Bíblia

A palavra “coração” é uma das palavras mais frequentemente usadas na Bíblia. Na verdade, ela ocorre lá 876 vezes e eu gostaria, neste artigo, de dar uma olhada em algumas destas ocorrências.

1. A árvore e o fruto

Para começar, vamos até Mateus 12:33-35. Lá Jesus Cristo disse:

Mateus 12:33-35
“Pelo fruto se conhece a árvore... Porque a boca fala a partir da abundância do CORAÇÃO. O bom homem tira boas coisas do bom tesouro de SEU CORAÇÃO, e o homem mau do mau tesouro tira coisas más”.

Também Mateus 7:16-18 nos diz:
“Porventura colhem-se uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos? Assim, toda a árvore boa produz bons frutos, e toda a árvore má produz frutos maus. Não pode a árvore boa dar maus frutos; nem a árvore má dar frutos bons.”

Um fruto sempre é o resultado da árvore que o dá. Nenhum fruto pode ser produzido sem uma árvore, e nenhum fruto pode ser diferente da árvore que o produz. O Senhor usa esta imagem aqui para nos dizer que o que o homem produz é o resultado e está em analogia direta com o tesouro que ele tem em seu coração. Um bom coração produz bom fruto, e um mau coração produz mau fruto. Conforme nos diz em Provérbios 4:23:

Provérbios 4:23
“Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes"

Do coração estão as questões da vida, i.e., os resultados, o fruto que nós produzimos em nossas vidas. Portanto, o coração e o que está nele determina o fruto que surge dele.

2. A palavra e o fruto

Tendo visto que o resultado que nós produzimos em nossas vidas depende do tesouro mantido em nossos corações, e assumindo que todos nós de fato produzimos bons frutos, nós agora veremos um bom tesouro que é apropriado para este fruto. Para vê-lo nós iremos até Provérbios 4:20. Lá Deus, falando como um Pai, diz:

Provérbios 4:20-21
“Filho meu, atenta para as minhas palavras: às minhas razões inclina o teu ouvido. Não as deixes apartar-se dos teus olhos; guarda-as no íntimo do teu coração.”

Nosso Pai nos chama para dar atenção às suas palavras; para inclinar nossos ouvidos para suas palavras e mantê-las no íntimo de nosso coração. Conforme vimos anteriormente, o tesouro que está em nossos corações determina o fruto que nós produzimos em nossas vidas. Isto é válido para a Palavra de Deus também. Ela também traz frutos quando ela é mantida em nosso coração. O tipo de fruto que ela traz nos é dado no versículo 21, onde lemos:

Provérbios 4:21-22
Guarda-as[as palavras de Deus]no íntimo do teu coração. Porque são vida para os que as acham, e saúde para o seu corpo.

As palavras de Deus mantidas no coração são vida e saúde. Como Jesus disse em Mateus 4:4

Mateus 4:4
“Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus

É impossível para o homem viver sem a palavra de Deus. Ainda, para produzir bom fruto da Palavra, ele tem que manter esta Palavra em seu coração. Conforme Jesus diz novamente, explicando a parábola bastante conhecida do bom semeador.

Lucas 8:11-15
"Esta é, pois, a parábola: A semente é a palavra de Deus; E os que estão juntos do caminho, estes são os que ouvem; depois vem o diabo, e tira-lhes do coração a palavra, para que não se salvem, crendo; E os que estão sobre pedra, estes são os que, ouvindo a palavra, a recebem com alegria, mas, como não têm raiz, apenas creem por algum tempo, e no tempo da tentação se desviam; E a que caiu sobre espinhos, esses são os que ouviram e, indo por diante, são sufocados com os cuidados e riquezas e deleites da vida, e não dão fruto com perfeição; E a que caiu em boa terra, esses são os que, ouvindo a palavra, a conservam num coração honesto e bom, e dão fruto com perseverança.”

Ela é a palavra de Deus ouvida e mantida com um nobre e bom coração que dá bons frutos, vida abundante, exatamente conforme Deus nos deseja que tenhamos (João 10:10).

3. Deus olha para o coração e quer o coração

Que o Senhor está interessado no coração é evidente em outras parte da Palavra também. Assim em l Samuel 16:7 nós lemos:

l Samuel 16:7
“O SENHOR não vê como vê o homem; pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o SENHOR olha para o coração.

O Senhor está interessado no coração. Ele não se preocupa com as aparências externas, i.e., se nós parecemos ser “bons" e "divinos". Os fariseus eram dessa forma. Externamente eles pareciam ser divinos, mas internamente eles eram hipócritas! Conforme Jesus Cristo caracteristicamente disse a eles:

Lucas 16:15
“E disse-lhes: vós sois os que vos justificais a vós mesmos diante dos homens, mas Deus conhece os vossos corações"

Deus conhece o nosso coração, e, conforme diz em Coríntios 4:5 diz, um dia virá quando o Senhor “trará à luz as coisas ocultas das trevas, e manifestará os desígnios DOS CORAÇÕES. E então cada um receberá de Deus o louvor.” De forma contrária ao homem que cuida da parte externa, Deus cuida da parte interna, do coração. Essa é a razão porque em Provérbios 23:26 Ele nos chama:

Provérbios 23:26
“Dá-me, filho meu, o TEU CORAÇÃO, e os teus olhos observem os meus caminhos"

Muitos estão prontos para fazer várias coisas em nome de Deus. Contudo, o que Ele quer é simplesmente dar a Si o nosso coração. Ele não quer o fruto, os nossos atos primeiro, mas sim a árvore que faz o fruto. Se a árvore - nosso coração – é dada a Ele, então o fruto que será produzido será bom conforme ele venha de uma coração que é dado a Ele e é dirigido por Ele.

4. Com todo o seu coração”

Deus não está somente interessado em nosso coração, mas Ele também o quer completamente. Na verdade, começando a partir de Mateus 22:35-38, nós lemos:

Mateus 22:35-38
“E um deles, doutor da lei, interrogou-o para o experimentar, dizendo: Mestre, qual é o grande mandamento na lei? E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus DE TODO O TEU CORAÇÃO, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.”

Também em Deuteronômio 10:12
“Agora, pois, ó Israel, que é que o SENHOR teu Deus pede de ti, senão que temas o SENHOR teu Deus, que andes em todos os seus caminhos, e os ames, e sirvas ao SENHOR teu Deus COM TODO O TEU CORAÇÃO e com toda a tua alma”.

Deuteronômio 4:29
“Então ali buscarás ao SENHOR teu Deus, e o acharás, quando o buscares de TODO O TEU CORAÇÃO E DE TODA A TUA ALMA”

Jeremias 29:13
“E buscar-me-eis, e me achareis, QUANDO ME BUSCARDES COM TODO O VOSSO CORAÇÃO

João 2:12-13
“Ainda assim, agora mesmo diz o SENHOR: Convertei-vos a mim DE TODO O VOSSO CORAÇÃO... rasgai o vosso coração, e não as vossas vestes, e convertei-vos ao SENHOR vosso Deus; porque ele é misericordioso, e compassivo, e tardio em irar-se, e grande em benignidade".

Provérbios 3:1-6
“Filho meu, não te esqueças da minha lei, e o teu coração guarde os meus mandamentos. Porque eles aumentarão os teus dias e te acrescentarão anos de vida e paz... Confia no Senhor DE TODO O TEU CORAÇÃO, e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas.”

Eu escolhi as passagens acima por causa de suas referências a “TODO o coração”. Deus quer TODO o nosso coração. Ele quer que nós O amemos com todo o nosso coração, que O busquemos com todo o nosso coração, que O sirvamos com todo o nosso coração, que acreditemos Nele com todo o nosso coração, que retornemos a Ele com todo o nosso coração. Como se diz em 2 Crônicas 6:14: O Senhor “guarda Tua aliança e a beneficência aos Teus servos QUE CAMINHAM PERANTI TI DE TODO O SEU CORAÇÃO”.

5. Pecado: Uma questão do coração

Conforme nós vimos até agora, Deus olha e está interessado no coração. Portanto, não há surpresa alguma que Ele também considere pecado uma questão do coração. Na verdade, em Mateus 5:27-28 nós lemos:

Mateus 5:27-28
“Ouvistes que foi dito aos antigos: Não cometerás adultério. Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela”.

Esta passagem tem importunado muitos, e isto porque eles conectam o pecado a atos externos. Mas Deus não faz isto. Ele conecta o pecado com o coração, o ser interior de um homem, o lugar para onde Ele olha. Quando o mal se torna parte de nosso coração é pecado, independente de quando e se isso será manifestado com os atos externos1. Conforme os Salmos 66:18 nos dizem:

Salmos 66:18
Se eu atender à iniquidade em meu coração, o Senhor não me ouvirá”.

E em Isaías 59:1-2 nós lemos:
“Eis que a mão do SENHOR não está encolhida, para que não possa salvar; nem agravado o seu ouvido, para não poder ouvir. Mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça”.

O pecado rompe a nossa amizade com Deus, e conforme ele pode ser óbvio como visto acima, isto acontece ao mesmo tempo em que é concebido em nossos corações. Essa é a razão porque é tão necessário guardar nosso coração; pedir a Deus, conforme Davi o fez, limpá-lo de toda a iniquidade (Salmos 51:9-10, 139:23-24); checar e filtrar o que ocorreu dentro, certificar-se de que somente Aquele que reina lá é Deus e Sua Palavra.

6. Conclusão

Neste artigo nós examinamos algumas das passagens que se referem ao coração. Quando na Escritura há 876 referências à palavra “coração”, é óbvio que não é possível dentro de dez páginas cobrir o tópico completamente. Contudo, nós esperamos que o que nós vimos deixe clara a importância do coração e o peso que Deus dá a ele. Assim como nós vimos:

 

i) O coração, a parte mais íntima de nosso ser, é a árvore da qual o fruto que nós produzimos em nossa vida depende. Se o que nós temos em nosso coração é bom, então o fruto que nós produziremos também será bom, e assim também vice-versa.

ii) A fim de que o coração dê bons frutos é necessário que a Palavra de Deus esteja nele. As palavras de Deus, quando mantidas em nosso coração, são vida.

iii) Desde então o fruto que nós produzimos depende do tesouro que nós temos em nossos corações (Mateus 7:16-18), e, uma vez que o bom fruto é produzido somente por aqueles que mantêm a Palavra de Deus em seu coração (Lucas 8:15), nós podemos concluir que quando a Palavra de Deus nos diz que nós devemos guardar nossos corações sobre tudo o mais, isso não quer dizer que nós devemos guardar o mal tesouro que possa estar lá. Isto deveria ser tirado e em seu lugar nós deveríamos cuidar para sempre ter o bom tesouro que é capaz de dar bons frutos e vida: a Palavra de Deus.

iv) O coração é a parte para a qual Deus olha e que Ele quer que a demos para Ele.

v) Ele quer que nós O amemos com todo o nosso coração.

vi) Servi-Lo com todo o nosso coração.

vii) Buscá-lo com todo o nosso coração.

viii) Quando nós nos desviarmos de Seus caminhos, devemos retornar a Ele com todo o nosso coração.

ix) Acreditar nele com todo o nosso coração.

x) Finalmente nós vimos que o pecado é uma questão do coração e, portanto, como tal deve ser tratado.

Possamos nós, portanto, dar todo o nosso coração para o nosso Pai, conforme ele nos chama. Conforme o Senhor disse:

João 15:4-8
“Estai em mim, e eu em vós; como a vara de si mesma não pode dar fruto, se não estiver na videira, assim também vós, se não estiverdes em mim. Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. Se alguém não está em mim, será lançado fora, como uma vara, e secará; e os colhem e lançam no fogo, e ardem. Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que você deseja, e vos será feito. Nisto é glorificado meu Pai, que deis muito fruto”.

Anastasios Kioulachoglou

 



Notas de Rodapé

1. Como nós já vimos, “pois do que há em abundância no coração, disso fala a boca”(Mateus 12:34), e “o homem bom tira coisas boas do bom tesouro do seu coração, e o homem mau do mau tesouro tira coisas más” (Mateus 12:35). Se alguém mantém o pecado em seu coração, isto mais cedo ou mais tarde será manifestado em ações respectivas.