Verdades Bíblicas
Inscreva-se

Baixe gratuitamente este estudo na versão PDF version, otimizada para seu leitor ebook/ tablet/ desktop ou smartphone Edição em PDF

A corrida da fé: o exemplo de Paulo

Considerando o que Paulo disse e instruiu, fica claro que a fé é uma corrida a ser corrida, uma luta a ser travada. Como ele disse a Timóteo:

1 Timóteo 6:11-12
“Mas tu, ó homem de Deus, foge destas coisas, e segue a justiça, a piedade, a fé, o amor, a constância, a mansidão. Peleja a boa peleja da fé, apodera-te da vida eterna, para a qual foste chamado, tendo já feito boa confissão diante de muitas testemunhas.”

Desta instrução, duas coisas ficam evidenciadas:

1. A fé é realmente uma peleja, uma batalha! “Peleja a boa peleja da fé” disse Paulo.

2. Nós fomos chamados para a vida eterna, mas também precisamos nos apoderar dela! A tradução da palavra grega “epilavou” significa “agarrar, se apoderar, pegar” (Dicionário Strong). Nós fomos chamados para a vida eterna mas isto não significa que nós já nos apoderamos dela. Nós estamos correndo em direção a ela! Conforme 1 Coríntios 15:2 também diz: .”..pelo qual também sois salvos, se é que o conservais tal como vo-lo anunciei;”(1 Coríntios 15:2) ou seja, nós estamos no processo de sermos salvos, nós estamos correndo em direção a vida eterna para adquiri-la.

Mas Paulo não deu apenas instruções aos outros. Em primeiro lugar ele as aplicou a ele mesmo. Conforme ele diz:

Filipenses 3:8-15
“Sim, na verdade, tenho também como perda todas as coisas pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas, e as considero como refugo, para que possa ganhar a Cristo, e seja achado nele, não tendo como minha justiça a que vem da lei, mas a que vem pela fé em Cristo, a saber, a justiça que vem de Deus pela fé; para conhecê-lo, e o poder da sua ressurreição e a e a participação dos seus sofrimentos, conformando-me a ele na sua morte, para ver se de algum modo posso chegar a ressurreição dentre os mortos. Não que já a tenha alcançado, ou que seja perfeito; mas vou prosseguindo, para ver se poderei alcançar aquilo para o que fui também alcançado por Cristo Jesus. Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo pelo prêmio da vocação celestial de Deus em Cristo Jesus. Pelo que todos quantos somos perfeitos tenhamos este sentimento; e, se sentis alguma coisa de modo diverso, Deus também vo-lo revelará.”

E novamente em 1 Coríntios 9:24-27:
“Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só é que recebe o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis. E todo aquele que luta, exerce domínio próprio em todas as coisas; ora, eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível, nós, porém, uma incorruptível. Pois eu assim corro, não como indeciso; assim combato, não como batendo no ar. Antes subjugo o meu corpo, e o reduzo a submissão, para que, depois de pregar a outros, eu mesmo não venha a ficar reprovado.”

Como Paulo disse com relação a ele mesmo: “Não que já a tenha alcançado, ou que seja perfeito; “mas vou prosseguindo, para ver se poderei alcançar aquilo para o que fui também alcançado por Cristo Jesus.” E novamente: “Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado.” A figura que temos de Paulo não é de um Cristão que já tenha atingido seu alvo, e que estava agora descansado … “curtindo a vida.” Pelo contrário, a figura que temos é de um atleta que corre em direção ao seu objetivo, “para ver se de algum modo” possa conquistá-lo. É a figura de um bom lutador que não dá golpes no ar, mas trava sua luta com os olhos firmes na sua vitória, no seu prêmio.

Apenas no final de sua vida, Paulo disse o seguinte:

2 Timóteo 4:6-8
“Quanto a mim, já estou sendo derramado como libação, e o tempo da minha partida está próximo. Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda.”

Como vemos, fé para Paulo é algo que devemos manter. “Eu mantive a fé.” Claro, então, que fé não é algo estático, que uma vez que você a tem, é um trato feito e você pode deixar se assentar que chegará ao fim automaticamente. Ao contrário, fé para Paulo é uma luta a ser travada e uma corrida a ser percorrida. A vida eterna não é algo que já alcançamos. É algo ao qual fomos chamados e estamos em busca até alcançarmos.

Que todos nós sejamos capazes de dizer o que Paulo disse ao final de sua vida: “Combati o bom combate, acabei a carreira e mantive a fé.” Que nenhum de nós considere já haver recebido o prêmio quando o próprio Paulo não ousou pensar isso de si mesmo, mas só disse no fim. Vamos todos correr a corrida da fé e sermos seu imitadores, como ele nos pediu. ( como ele mesmo nos diz para fazer – 1 Coríntios 11:1)

Próxima seção: Hebreus 12:22-25: "Muito menos escaparemos nós, se nos desviarmos daquele que nos adverte lá dos céus"

 

Autor: Anastasios Kioulachoglou