A Couraça da Justiça



Falamos nos artigos "Salvo e Justificado pela Fé" e "A Bíblia e a Justiça" sobre como se tornar justo diante de Deus. Uma maior compreensão do papel da justiça é dada em Efésios 6. Lá ele fala sobre a armadura de Deus que nos foi dada para a guerra espiritual:

 

Efésios 6:13
“Portanto tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, permanecer firmes.”

 

Gostaria de destacar duas coisas neste versículo. Primeiro, a armadura é de DEUS. NÃO é uma armadura que você construiu. Pelo contrário, é uma armadura que foi construída por DEUS. Segundo, é VOCÊ que coloca essa armadura. Deus não vai colocá-la por você. Deus a fez disponível. Agora você tem que colocá-la. Essas duas coisas são importantes para a compreensão correta do verso seguinte. Lá ele afirma:

 

Efésios 6:14
“Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça...”

 

É nesta segunda parte da armadura, a couraça da justiça, na qual vamos concentrar a nossa atenção aqui. Às várias partes da armadura, como são descritas nos versículos 14-17, não foi dado um nome por acaso. Deus tem uma razão para tudo o que Ele diz. Assim, devemos perguntar-nos qual é o trabalho que um peitoral é projetado para fazer? Acredito que a maioria de nós sabe a resposta: em uma armadura a couraça protege o peito. Como você sabe, o coração, um instrumento vital para nossas vidas, está localizado no lado esquerdo do peito. Portanto, uma das tarefas mais importantes do peitoral é proteger o coração. Biblicamente, a palavra coração descreve a parte interior da mente, o ser interior de um homem. O que está em nosso coração determina o que somos.

 

Como Provérbios 3:23 nos diz:
"Acima de tudo guarde o seu coração, porque dele procedem as fontes da vida"

 

A Palavra de Deus nos chama a proteger o coração mais do que qualquer outra coisa e quando ela fala no coração a referência real é a parte interior de nossas mentes. De fato, o que está no interior de nossas mentes, em nosso coração, determina "as questões da vida". Não admira, portanto, que é exatamente nessa parte onde Satanás procura lançar seus dardos. Se seus dardos conseguem penetrar o coração ou seja, o interior de nosso ser, então ele alcançou seu intento. Uma das armas que Satanás frequentemente usa para disparar seus dardos no coração dos cristãos sinceros e dedicados não é outro senão a condenação. Condenação é uma de suas melhores armas, uma vez que faz o coração, nosso interior, doente. É uma poderosa arma de Satanás para corromper a nossa comunhão com Deus. João descreve os efeitos desta doença que afeta muitos cristãos.

 

1 João 3:21
“Amados , se nossos corações não nos condena, temos confiança diante de Deus”

 

Preste muita atenção neste "se". Note também que se refere ao coração. Condenação é uma doença grave que afeta o coração, o interior de um homem. Quando há condenação em nossos corações, então não há confiança diante de Deus e se não há confiança diante de Deus, então eu realmente questiono o tipo de comunhão que somos capazes de ter com Deus. A vontade de Deus é "regozijai-vos no Senhor sempre" (Filipenses 4:4). No entanto, é impossível se alegrar Nele quando você não tem confiança diante dEle. No entanto, Satanás não vai conseguir trazer condenação em nossas vidas SE (e somente se) nós usarmos a armadura de Deus para a nossa defesa. Então, a pergunta é: qual é a peça da armadura de Deus, que protege o coração? Efésios 6:14 nos diz:

 

Efésios 6:14
“Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça...”

 

Esta peça é a "couraça da justiça". Mas que justiça é essa? Você vê, estamos acostumados a ler este versículo usando uma idéia preconcebida de justiça pelas obras. Assim, pensamos que a justiça referida nesse verso é a nossa justiça própria. Nós dizemos "se eu for bom o suficiente e fizer boas obras, então eu vou ser justo". No entanto, nos esquecemos do que a Bíblia diz ", portanto, ninguém será declarado justo diante dele [de Deus] pelas obras da lei" (Romanos 3:20). A justiça aqui não é a nossa justiça própria, mas a justiça de Deus. A armadura completa foi preparada para nós por Deus. É a "armadura de Deus". Não é uma armadura que construímos. A Palavra não diz "Faça sua armadura". Ela diz "revesti-vos de toda a armadura de Deus" (Efésios 6:11). Se a armadura é de Deus, então, de quem é a couraça da armadura? É de Deus. De quem é, portanto a justiça que é o peitoral? É a sua justiça própria adquirida através de suas boas obras? Não! A justiça é de Deus, como aliás é toda a armadura, e portanto, será cada peça em separado. Você não compõe a armadura. Você apenas se reveste dela. No caso da justiça, isto significa que você a coloca no fundo da sua mente, em seu coração, que você é justo diante de Deus pela graça ("justiça de Deus") e assim você não tenta alcançar uma posição de auto-retidão diante dEle. Isso significa que você entende que diante dele "ninguém será justificado pelas obras da lei" (Romanos 3:20) e que "todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus e são justificados gratuitamente pela sua graça" (Romanos 3:23-24). Você deve aceitar que graça é graça e obras são obras. É preciso compreender que quando a Bíblia diz graça, não significa graça com algumas obras. Como diz a Escritura: "E se é pela graça já não é pelas obras; se fosse, a graça já não seria graça" (Romanos 11:6). Então, você estará "revestido com a couraça da justiça" (Efésios 6:14). Caso contrário, você vai deixar seu coração desprotegido e se tornará vulnerável à doença da condenação. Satanás irá prendê-lo através de sua astúcia, porque você não está vestindo a armadura de Deus, mas algo que você mesmo inventou. Você está vestindo a couraça da justiça própria em vez de a couraça da justiça de Deus. No entanto, a couraça da justiça própria foi declarada defeituosa pela Palavra de Deus. Não é de admirar, portanto, que se você colocar esta "couraça”, você estará vulnerável à doença da auto-condenação causada por Satanás. Por outro lado, quando nós protegemos nossos corações com a couraça de verdade que é a justiça de Deus, então, o que as Escrituras dizem em Romanos 8:1 será cumprido em nossas vidas:

 

Romanos 8:1
“Portanto não há nenhuma condenação para aqueles que estão em Cristo Jesus1.”

 

Anastasios Kioulachoglou

 



Notas de Rodapé

1. A última parte deste versículo é omitida por todos os textos críticos no Grego.

 




 

A Couraça da Justiça (PDF) Edição em PDF