Verdades Bíblicas
Inscreva-se

Baixe gratuitamente este estudo na versão PDF version, otimizada para seu leitor ebook/ tablet/ desktop ou smartphone Edição em PDF

2 Timóteo 2:11-13: "se O negarmos também Ele nos negará"

A próxima passagem que vamos verificar é 2Timóteo 2:11-13. Lemos o seguinte nela:

2 Timóteo 2:11-13
“Fiel é esta palavra: Se, pois, já morremos com ele, também com ele viveremos; se perseveramos, com ele também reinaremos; se o negarmos, também ele nos negará; se somos infiéis, ele permanece fiel; porque não pode negar-se a si mesmo.”

A palavra “Ele”, refere-se obviamente a Cristo, visto que Ele é o único que morreu e reinará. Podemos negar a Cristo? Novamente, se não houvesse essa possibilidade, então Paulo nunca a teria mencionado. Então a resposta é sim, é possível que alguém negue a Cristo. Alguém pode NÃO negá-Lo, mas se for enganado pode acabar fazendo isso. O que vai acontecer neste caso? A palavra não deixa nenhum espaço para a especulação: “se O negarmos também Ele nos negará.”

Para evitar estas simples palavras muitos se dirigem ao versículo 33 e dizem: “mas veja o versículo 33:” se somos infiéis, Ele permanece fiel — porque Ele não pode negar a si mesmo.” Em seguida, eles tentam usar este versículo para justificar que se O negarmos, de fato, não é nada de tão grave porque Ele é fiel e ele na verdade não vai negar você. Mas tal interpretação é obviamente errada, pois no versículo anterior lemos claramente: se negarmos a Ele, Ele nos negará. O que na verdade o versículo 33 nos diz é que Ele é sempre fiel e isso não significa aceitar-nos, mesmo depois de negá-lo, porque um versículo anterior enunciado por Paulo resolveu esta questão. Há, na verdade um contraste inexorável entre nós, se formos infiéis, e Ele, que é sempre fiel. Cristo nunca vai ser infiel! Podemos optar por sermos infiéis, mas Ele nunca é assim. Ele é sempre fiel.

Próxima seção: Tiago 5:19-20: o irmão desviado

 

Autor: Anastasios Kioulachoglou