Verdades Bíblicas
Inscreva-se

Baixe gratuitamente este estudo na versão PDF version, otimizada para seu leitor ebook/ tablet/ desktop ou smartphone Edição em PDF

2 Pedro 1:5-11 : "empregando toda a diligência acrescentai a nossa fé"

Continuando em 2 Pedro 1:5-11 nós lemos:

2 Pedro 1:5-7
“E por isso mesmo vós, empregando toda a diligência, acrescentai a vossa fé a virtude, e a virtude a ciência, e a ciência o domínio próprio, e ao domínio próprio a perseverança, e a perseverança a piedade, e a piedade a fraternidade, e a fraternidade o amor.”

Nossa fé precisa ser acrescentada? Segundo Pedro precisa sim ser acrescentada. Com o que ela deve ser acrescentada? Com o seguinte: virtude, conhecimento, domínio próprio, fidelidade, santidade, afeição fraterna, amor. Repare bem, Pedro não diz: “Se quiser, aqui está uma lista agradável daquilo que podemos ser”. Pelo contrário, o que ele diz é MUITO enfático: “procurai mais diligentemente”. Estar na fé portanto envolve esforço, esforço para acrescentar à nossa fé, aquelas coisas que o apóstolo Pedro diz. E quem deve fazer este esforço? Muito simples: Nós. Sim, com a ajuda do Senhor, mas essa ajuda não é uma coação, mas sim um trabalho em comunhão conosco.

O mesmo que Pedro nos fala, Paulo também nos diz de maneira diferente em Gálatas 5:22-26:

“Mas o fruto do Espírito [a nova natureza, o novo homem] é: o amor, o gozo, a paz, a longanimidade, a benignidade, a bondade, a fidelidade. a mansidão, o domínio próprio; contra estas coisas não há lei. E os que são de Cristo Jesus crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências. Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito. Não nos tornemos vangloriosos, provocando-nos uns aos outros, invejando-nos uns aos outros.”

E em Romanos 12:1-2
“Rogo-vos pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos como um sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.”

Os dois apóstolos nos dizem o seguinte: “ande com o novo homem, não com o velho homem; renove a sua mente, acrescente à sua fé.”

De volta a 2 Pedro: Embora a Palavra nos diga “empregando toda a diligência, acrescentai a vossa fé”, vamos supor que alguém escolha não fazer nenhum esforço para acrescentar à sua fé conforme nos é dito. O que acontecerá neste caso? Nós podemos encontrar a resposta quando vemos o que acontece quando alguém age na direção de acrescentar à sua fé. Isto é mostrado em 2 Pedro, 1:8:

“Porque, se em vós houver e abundarem estas coisas, elas não vos deixarão ociosos nem infrutíferos no pleno conhecimento de nosso Senhor Jesus Cristo.

Sendo assim, se “empregarmos toda a diligência, acrescentando a nossa fé” com aquelas qualidades mencionadas na Palavra, então não seremos ineficazes ou infrutífero no conhecimento do Senhor. E ao contrário disto, uma pessoa que não haja desta forma e não faça esforço – para não dizer todo o esforço possível – para completar a sua fé, será uma pessoa ineficaz e infrutífera no conhecimento do nosso Senhor Jesus Cristo. E Pedro ainda nos fala mais:

2 Pedro 1:9
“Pois aquele em quem não há estas coisas é cego, vendo somente o que está perto, havendo-se esquecido da purificação dos seus antigos pecados.”

Aqueles que não se esforçam para acrescentar a sua fé e portanto tem falta destas qualidades são chamados cegos. Uma pessoa que não mais se lembra que foi lavada dos seus pecados do passado, exatamente como o homem da parábola dos 10.000 talentos, que havia esquecido a generosidade do seu senhor e do que havia sido purificado. E Pedro prossegue:

2 Pedro 1:10
“Portanto, irmãos, procurai mais diligentemente fazer firme a vossa vocação e eleição; porque, fazendo isto, nunca jamais tropeçareis.”

Por que devemos ser diligentes ao fazer firme nossa vocação e eleição se já o fizemos no passado de uma vez por todas, no momento em que acreditamos? Porque, aquele dia em que cremos, nós começamos nossa caminhada na fé, mas esta fé tem que criar raízes. Ela tem que ser completada, tem que dar frutos. E Pedro continua:

2 Pedro 1:11
Porque assim vos será amplamente concedida a entrada no reino eterno do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.”

Este “porque assim” significa “através destes meios”, “desta forma”, “por causa disto”, nos será amplamente concedida a entrada no reino. E por meio ou através do quê? Através das ações que lemos nos versículos anteriores: empregando toda a diligência para acrescentar à nossa fé – com a qual Pedro nos disse que consequentemente significa dizer que não nos tornamos ineficazes e infrutíferos, mas que fomos diligentes em fazer firme a nossa vocação e eleição. Assim sendo, significa, por esta razão nos será amplamente concedida a entrada no reino de Deus.

Agora, o texto acima nos traz a mente o seguinte pensamento e pergunta: Quer dizer que aqueles que foram diligentes em fazer sua fé uma fé frutífera como aqueles da quarta categoria da parábola do semeador fizeram, terão uma calorosa recepção no Reino de Deus e aqueles que não se importaram, que não se firmaram e permaneceram na videira, e cuja a fé foi ou se tornou infrutífera, morta, entrarão no Reino, mas de maneira menos calorosa? Uma olhada nos capítulos 2 e 3 anteriores e o aos dizeres do rei e veremos quem será bem vindo. E pelo que li e minha compreensão é que somente os que estiverem preparados serão bem vindos. Isto não quer dizer que, somente os puros, sem pecado entrarão no reino. Não há ninguém assim, exceto o próprio Deus. Significa que embora estejamos alertas, que devemos cuidar de nossa fé, nos mover, ainda que como crianças, tentando viver nossa fé. Uma coisa é tentar viver nossa fé, com uma queda aqui outra ali e outra coisa é abandonar a fé, e ter o pecado como um hábito, um modo de viver, ignorando toda fé que tinha. Nem as cinco virgens displicentes, nem o servo infrutífero, nem todos que abandonaram a vinha encontrarão a porta do reino aberta. Que isto seja para nós exemplos a evitarmos.

Portanto que possamos cuidar de nossa fé, e apesar de nossos erros e falhas, possamos completá-la "com virtude, virtude com conhecimento, conhecimento com auto domínio, auto domínio com perseverança, perseverança com bondade, bondade com amor fraterno...Pois agindo assim nos será amplamente concedida a entrada no reino de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo".

Próxima seção: Filipenses 2:12-16: "efetuai a vossa salvação com temor e tremor "

 

Autor: Anastasios Kioulachoglou