Verdades Bíblicas
Inscreva-se

Baixe gratuitamente este estudo na versão PDF version, otimizada para seu leitor ebook/ tablet/ desktop ou smartphone Edição em PDF

1 Timóteo 5:8: "tem negado a fé e é pior que um incrédulo"

Para ver um exemplo de como Paulo entendia a fé e que para ele não era apenas uma confissão, mas uma maneira de viver, vamos a 1 Timóteo 5. Neste trecho Paulo está escrevendo a Timóteo sobre as viúvas e as obrigações que têm os filhos e netos para com elas. Os versículos 3 e 4 nos dizem o seguinte:

1 Timóteo 5:3-4
“Honra as viúvas que são verdadeiramente viúvas. Mas, se alguma viúva tiver filhos, ou netos, aprendam eles primeiro a exercer piedade para com a sua própria família, e a recompensar seus progenitores; porque isto é agradável a Deus.”

Deus se importa com as viúvas e ordenou que os filhos e netos tomem conta de suas necessidades. Esta é a vontade declarada de Deus. Agora vamos supor que um crente com viúvas em sua família, se negue a fazer isso. Paulo fala sobre este caso de forma inequívoca em 1 Timóteo 5:8:

“Mas, se alguém não cuida dos seus, e especialmente dos da sua família, tem negado a fé, e é pior que um incrédulo.”

Não acho que alguém falaria assim hoje. As pessoas hoje estão com medo de falar a verdade, para não ofender alguém. Mas Paulo não tinha tais problemas, estou certo que ele amava as pessoas, provavelmente mais que todos nós. Na verdade, creio que ele não tinha tais preocupações exatamente porque ele os amava. Paulo e os outros apóstolos, e principalmente o próprio Senhor, nunca consideraram a fé como algo que não pudesse ser negado, nem consideravam que alguém era fiel unicamente pelo fato de ter dito isso. Quando Paulo disse aos Coríntios para que se examinassem e verificassem se realmente estavam na fé, ele não estava se referindo às pessoas que verbalmente tinham negado o Senhor. Estes não eram da fé. Em vez disso, ele estava se referindo aos crentes, às pessoas que achavam que estavam na fé e ainda assim, talvez, se negavam a praticá-la, negando, por exemplo, a ordenança de tomar conta dos membros de sua família, incluindo a sua mãe ou avó. Estas pessoas que não estavam na fé, embora nunca tenham verbalmente negado a fé, o fizeram praticamente, através de suas ações. Então negar a fé não significa levantar-se e fazer uma confissão com a minha boca contra a fé (embora isto possa acontecer também). Por outro lado negar a fé significa mais frequentemente me negar a praticar os atos que necessariamente acompanham a fé, de maneira consistente e habitual. Paulo, usa como exemplo o caso de um crente que negando-se a cuidar de sua casa e familiares, conforme dita a Palavra, havia praticamente negado a fé, e assim se tornava pior que um incrédulo.

Próxima seção: Vai-te e não peques mais: O que o Senhor espera de pecadores perdoados

Autor: Anastasios Kioulachoglou