Verdades Bíblicas
Inscreva-se

1 Samuel 16 e como Samuel era guiado pelo Senhor (PDF) Edição em PDF

1 Samuel 16 e como Samuel era guiado pelo Senhor

Este artigo está principalmente relacionado com 1 Samuel 16. Saul, o primeiro rei de Israel, foi ordenado por Deus para destruir completamente os Amalequitas por tudo que eles tinha feito a Israel na saída do Egito. Entretanto, ele não realizou o que ele ordenou (1 Samuel 15:11). Isso fez Deus começar a procurar por outro rei. Assim, 1 Samuel 16:1 nos diz:

1 Samuel 16:1
"Então, disse o Senhor a Samuel: Até quando terás dó de Saul, havendo-o eu rejeitado, para que não reine sobre Israel? Enche o teu vaso de azeite e vem; enviar-te-ei a Jessé, o belemita; porque dentre os seus filhos me tenho provido de um rei.”

A substituição de Deus para a posição de rei era uns dos filhos de Jessé. Portanto, Samuel foi ordenado para ir lá e ungi-lo. Uma olhada na interação entre Deus e Samuel a respeito da questão do próximo rei mostra o seguinte:

i) O Senhor nomeou Saul para ser rei e Samuel o ungiu. (1 Samuel 10:1).

ii) O Senhor rejeitou Saul, por causa de sua obediência e Samuel o anunciou isso. (1 Samuel 15:26).

iii) O Senhor nomeou Davi para ser o novo rei e Samuel foi ordenado a ir e o ungir (1 Samuel 16:1).

Como pode ser visto, Samuel sempre fez o que o Senhor tinha decidido primeiro. Para dizer isso de maneira diferente, Samuel não era um tomador de decisão, mas o executor da decisão. Esta verdade é muito instrutiva para aqueles de nós que, como Samuel, querem servir a Deus. Como ele, nossa função não é a função de tomador de decisões, mas a função de realizador do que Deus já decidiu. Samuel não decidiu ungir Saul nem decidiu depois ir dizê-lo que ele foi rejeitado por Deus. Similarmente, ele não foi o que determinou ir à casa de Jessé. TODAS foram decisões de Deus e Samuel simplesmente as executou.

Mudando para nós agora, Palavra diz que como crentes nascidos de novo, nós somos membros do corpo de Cristo (1 Coríntios 12:12-31), cuja cabeça é Cristo (Colossenses 1:18). Portanto, como nossos membros físicos estão sob completa submissão a cabeça, assim nós também como membros do corpo de Cristo, devemos estar sob completa submissão a Cabeça desse corpo, o Senhor. Ele é o Chefe, nós somos Seus servos. Ele toma as decisões, nós as executamos. Retornando para Samuel, o Senhor o direcionou para Jessé, o belemita. Ainda, ele tinha algumas perguntas. Os versículos 2-3 nos dizem:

1 Samuel 16:2-3
"Disse Samuel: Como irei eu? Pois Saul o saberá e me matará. Então, disse o Senhor: Toma contigo um novilho e dize: Vim para sacrificar ao Senhor. Convidarás Jessé para o sacrifício; eu te mostrarei o que hás de fazer, e ungir-me-ás a quem eu te designar.”

Deus não falou apenas a Samuel o que fazer (1 Samuel 16:1), mas Ele também o falou na passagem acima como fazer isso (1 Samuel 16:2-3). Portanto, Ele o instruiu para ir lá com um novilho para um suposto sacrifício, enquanto a verdadeira razão da sua visita era ungir o novo rei.

Tendo recebido toda a informação que ele precisava, Samuel se mexeu para a ação. 1 Samuel 16:4-5 nos diz:

Fez, pois, Samuel o que dissera o Senhor e veio a Belém. Saíram-lhe ao encontro os anciãos da cidade, tremendo, e perguntaram: É de paz a tua vinda? Respondeu ele: É de paz; vim sacrificar ao Senhor. Santificai-vos e vinde comigo ao sacrifício. Santificou ele a Jessé e os seus filhos e os convidou para o sacrifício.”

O Senhor deu as direções a Samuel e Samuel agiu sobre elas. Portanto, ele foi a Belém e logo tinha os sete filhos de Jessé diante dele. Como podemos nos lembrar, o Senhor tinha dito a ele que o próximo rei seria um dos filhos de Jessé, sem entretanto dizê-lo desde o começo quem exatamente esse seria. O que Samuel fez para encontrá-lo? Ele simplesmente contatou a seu Chefe, o Senhor:

1 Samuel 16:6-7
“Sucedeu que, entrando eles, viu a Eliabe e disse consigo: Certamente, está perante o Senhor o seu ungido. Porém o Senhor disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a sua altura, porque o rejeitei; porque o Senhor não vê como vê o homem. O homem vê o exterior, porém o Senhor, o coração.

O primeiro na linhagem era Eliabe, o filho mais velho da família. Ele provavelmente era bonito e sua aparência era adequada para um rei, pois quando Samuel o viu, ele pensou que era ele (“CERTAMENTE, está perante o Senhor o seu ungido.” (1 Samuel 16:6), ele disse). Contudo, quando ele o apresentou ao Senhor ele ganhou uma resposta negativa. Assim a passagem nos diz que o Senhor olhando para o coração, o recusou. Muitas vezes isto acontece conosco também. Nós gostamos de algo, parece perfeito aos nossos olhos físicos e assim somos levados a acreditar que é também da vontade de Deus para nós. Portanto, nós nunca devemos fazer uma decisão baseada na aparência exterior. Samuel tinha feito isso, ele teria ungido o homem errado. Em vez disso, nós devemos sempre consultar o Único que vê onde nossos sentidos não podem ver: no coração. Retornando a Samuel, depois da resposta negativa de Deus para Eliabe ele avançou para o próximo na “fila”. 1 Samuel 16:8-10 nos diz:

1 Samuel 16: 8-10
“Então, chamou Jessé a Abinadabe e o fez passar diante de Samuel, o qual disse: Nem a este escolheu o Senhor. Então, Jessé fez passar a Samá, porém Samuel disse: Tampouco a este escolheu o Senhor. Assim, fez passar Jessé os seus sete filhos diante de Samuel; porém Samuel disse a Jessé: O Senhor não escolheu estes.” No entanto, ele não desistiu:

1 Samuel 16:11-13
“Perguntou Samuel a Jessé: Acabaram-se os teus filhos? Ele respondeu: Ainda falta o mais moço, que está apascentando as ovelhas. Disse, pois, Samuel a Jessé: Manda chamá-lo, pois não nos assentaremos à mesa sem que ele venha. Então, mandou chamá-lo e fê-lo entrar. Era ele ruivo, de belos olhos e boa aparência. Disse o Senhor: Levanta-te e unge-o, POIS ESTE É ELE. Tomou Samuel o chifre do azeite e o ungiu no meio de seus irmãos; e, daquele dia em diante, o Espírito do Senhor se apossou de Davi. Então, Samuel se levantou e foi para Ramá.”

Samuel ouviu o desejado “este é ele”, não para o primeiro da “fila” (1 Samuel 16:6), o que ele esperava ser o escolhido, mas para o último na “fila” (1 Samuel 16:12), e apenas depois de ter escutado sete “não”. A razão para eu mostrar isto é porque às vezes podemos nos achar na mesma posição, por exemplo: nós apresentamos a Deus escolhas para coisas que nós sabíamos como Sua vontade, e as respostas que conseguimos são negativas. “Por que Senhor?”, nós dizemos. Entretanto, a razão é a mesma com a razão para qual Deus rejeitou Eliabe (1 Samuel 16:6-7): Deus olha ao coração e faz as decisões baseadas no coração. Quando portanto Ele rejeita algo, Ele não faz isso porque quer... nos torturar mas porque olhando ao coração, na parte interior da matéria, ele vê que não é o melhor para nós. Como Salmos 84:11 diz:

Salmos 84:11
“Nenhum bem sonega aos que andam retamente.”

Tiago 1:17 também os afirma:
“Toda BOA dádiva e todo dom PERFEITO são lá do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não pode existir variação ou sombra de mudança.”

Se Deus nega algo a você, é apenas porque Ele nos ama e quer que nós tenhamos o melhor. Samuel ouviu sete “não” antes da desejada resposta positiva. Contudo, olhando para trás, você acha que sua fidelidade foi sem valor? Eu não acho. Embora, ele não tenha ungido o primeiro na “fila”, ele certamente ungiu O MELHOR na “fila”.

Finalmente, tenha em mente que nem Samuel nem Davi foram as peças principais da história. Primeiro foi a lamentação por Saul, enquanto a última foi manter as ovelhas de seu pai. Em vez disso, a parte principal da história foi o Senhor que deu a revelação a Samuel para ir a Belém e ungir um homem que ele nunca tinha conhecido antes. Similarmente, foi o Senhor que em alguns capítulos anteriores (1 Samuel 9), agiu com Saul e através da perda temporária de suas jumentas e a instrução de seu servo, eventualmente o trouxe diante de Samuel para ungi-lo como um rei. Em outras palavras, o Senhor tem todo o poder para apenas fazer Sua vontade. Quando algo é da Sua vontade, então ele é a parte principal e nós apenas temos que simplesmente segui-lo.

 

Conclusão do nosso estudo de 1 Samuel 16

Neste estudo nós passamos pelos primeiros 13 versículos de 1 Samuel 16, para ver como Samuel foi guiado pelo Senhor e como ele estava tomando decisões. Samuel era um servo de Deus e alguns de nós queremos ser o mesmo. Como qualquer servo, assim como Samuel e assim como nós, temos que obedecer ao Mestre. Nós estamos fazendo o que o Mestre diz e apenas isto. Samuel, assim como nós também, poderíamos andar com seus cinco sentidos. Por exemplo, ele poderia ter ungido Eliabe como rei, porque ele parecia apropriado aos seus olhos. Mas ele não fez. Em vez disso, ele se voltou para o Senhor e fez apenas o que ele foi instruído. Vamos fazer o mesmo. Vamos permitir que o Senhor esteja no comando. Deixe-O ser o Senhor! Ele é o Chefe, o Mestre!

Anastasios Kioulachoglou

Português: Fabricia Lucena, Giulia Silva (Christian-translation.com)