Verdades Bíblicas
Inscreva-se

Baixe gratuitamente este estudo na versão PDF version, otimizada para seu leitor ebook/ tablet/ desktop ou smartphone Edição em PDF

1 João 2:24-25 – "Se em vós permanecer o que desde o princípio ouvistes"

Deixando Hebreus, vamos agora para 1 João 2:24-25. Lá nós lemos:

“Portanto, o que desde o princípio ouvistes, permaneça em vós. Se em vós permanecer o que desde o princípio ouvistes, também vós permanecereis no Filho e no Pai. E esta é a promessa que ele nos fez: a vida eterna.”

A quem João está se referindo aqui? Isto está claro pelo versículo 21 quando ele diz para seus ouvintes: “Não vos escrevi porque não soubésseis a verdade, mas porque a sabeis, e porque nenhuma mentira vem da verdade.” Então os seus ouvintes eram crentes, pessoas que conheciam a verdade. João diz a eles que se a Palavra de Deus tivesse permanecido neles desde o começo, quando a ouviram, eles permaneceriam sustentados no Filho e no Pai. Por isto fica claro então que é possível que alguém que ouviu e já sabe a respeito da verdade – como estes sabiam da verdade ( versículo 21) – não mais permanecesse na verdade. Isto é o que o “se” significa na passagem ( “Se em vós permanecer o que desde o princípio ouvistes”). Como João deixa claro, somente aqueles cujos corações estão ligados à palavra de Deus, continuam ligados e a viver ligados no Filho e no Pai. Em outras palavras, e fazendo uma leitura diferente, Se a Palavra deixou de habitar o coração de alguém, então este alguém também deixou de estar no Filho e no Pai. E o que acontece em casos assim? João clarifica isto em alguns versículos adiante, versículo 28.

1 João 2:28
“E agora, filhinhos, permanecei nele; para que, quando ele se manifestar, tenhamos confiança, e não fiquemos confundidos diante dele na sua vinda.”

Veja este “para que.” Quando há esta expressão “para que”, saibamos que a condição seguinte depende completamente do que está expresso antes. Só existe uma maneira de não nos envergonharmos e vacilarmos diante Dele de vergonha na Sua vinda: é permanecendo firmes nele. E para estar firmes Nele, lemos em 1 João 1:24-25, que precisamos ter a Sua Palavra firmes em nós, viva em nós. Apenas quando estamos firmes Nele. Para evitar confusão vamos resumir.

i) Não ficaremos envergonhados com a Sua vinda, se tivermos firmes Nele (1 João 2:28).

ii) E firmes Nele significa que Sua palavra permanece e vive em nós (1 João 2:24-25).

Portanto, estar firmes no Senhor não é alguma coisa que podemos fazer uma vez e estaremos permanentemente, para sempre, firmes Nele, independente da maneira como vivemos, independente se a Palavra de Deus realmente vive em nós. Se fosse assim não haveria razão pela qual João falasse a crentes, com objetivo de encorajá-los a viver firmes na Palavra e em Cristo. Ao contrário, permanecer Nele é uma decisão a qual, embora tenhamos feito uma vez, tem que ser nossa decisão hoje também. firmes na Palavra é algo que escolhemos fazer em nossas vidas.

Esta frase “permanecei Nele” é a maneira de João nos dizer: “lute a boa batalha da fé”, “continue na fé”, “continue em sua bondade”, “corra a carreira que é posta diante de você”, e as outras frases que vimos em Paulo e autor de Hebreus utilizando. É a maneira de João nos dizer as mesmas coisas. e interpretar 1 João 2:28 de uma maneira diferente. Desde que permaneçamos Nele então não seremos envergonhados em Sua vinda. Isto portanto nos dá uma dica de como devemos entender passagens como a contida em Romanos 9:33:

“como está escrito: Eis que eu ponho em Sião uma pedra de tropeço; e uma rocha de escândalo; e quem nela crer não será confundido.

Note nesta passagem que é o tempo verbal aqui utilizado é o presente, declarando que a fé fala sobre uma realidade presente. Infelizmente alguns passam desapercebidos e lêem como se estivesse falando de algo acontecido no passado, ou seja, como segue: “a todo aquele que uma vez na vida creu no Senhor, independente do que tenha feito depois com sua fé, não será confundido.” Mas a verdade é diferente. De acordo com João, não seremos envergonhados na Sua vinda, se, não apenas começarmos, mas também permanecermos (isto é, ficarmos) Nele. “E quem Nele crer não será confundido” de Romanos 9:33 se refere a pessoas que “crêem” (agora no presente) e serão achadas firmes Nele em sua vinda, ou o fim de suas vidas terão seu fim Nele, firmes Nele. Estes não serão envergonhados. Contudo, aqueles que, na Sua vinda, não permanecerem Nele, serão envergonhados. De fato o Senhor deixou isso mais claro ainda quando proclamou a parábola da vinha:

João 15:5-6
“Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. Se alguém não estiver em mim, será lançado fora, como a vara, e secará; e os colhem e lançam no fogo, e ardem.”

Novamente alguém que tem ensinado que a graça de Deus significa que basta a pessoa acreditar no início de sua vida para obter a salvação pode sentir-se inconfortável com o texto acima. Como está claro na passagem acima, não basta que alguém comece na fé, mas que termine o que começou. Ele precisa permanecer no Senhor e Sua palavra permanecer nele. Mais ainda, se ele não está no Senhor “será lançado fora, como a vara, e secará; e os colhem e lançam no fogo, e ardem.” Alguns podem pensar que falar de tais possibilidades seja algo sem compaixão, indelicado e sem amor. Infelizmente nos dias de hoje nós usamos o amor como desculpa para não dizermos a verdade e assim não deixar alguém inconfortável. Mas, ocultar a verdade é mentira e de jeito algum isso é amor. Não vamos nos sucumbir para algo que nada mais é do o espírito deste mundo. Se a Palavra de Deus, se Deus que nunca mente e que é o próprio Amor nos diz tais coisas, então eu acho que devemos levá-las seriamente em consideração.

Próxima seção: 2 João 8-9 : para "todo aquele que vai além do ensino de Cristo e não permanece nele"

 

Autor: Anastasios Kioulachoglou